Jornal São Paulo Zona Sul

Metrô: história de 51 anos que continua impactando na Zona Sul

Em 24 de abril de 1968, a população paulistana vibrava com uma notícia: era fundada a Companhia do Metropolitano de São Paulo, à época ainda uma empresa municipal.

Para a população da zona sul paulistana, a notícia teria especial impacto: o primeiro trecho do metrô foi construído entre Jabaquara e Paraíso, ainda com métodos que deixaram o principal corredor comercial da região interditado por muitos anos.

As avenidas Jabaquara, Engenheiro Armando Arruda Pereira e Domingos de Morais ficaram bem estreitas com a abertura completa das pistas para a construção dos túneis, prejudicando o comércio até setembro de 1974, quando foi inaugurado o primeiro trecho.

Fotos: Instituto de Engenharia

Por outro lado, a chegada do transporte subterrâneo valorizou a região, atraiu novos moradores e negócios, modificou a dinâmica dos negócios.

Até hoje, 51 anos depois, as obras do metrô e todas as notícias relacionadas à expansão da rede ainda causam grande expectativa na população.

A recente abertura da linha 5 – Lilás, que liga a região de Santo Amaro às já existentes Linha Azul e Verde representou um grande avanço na mobilidade paulistana além de atendimento a uma antiga reivindicação dos moradores do extremo sul. A nova linha, diferente das pioneiras, é administrada e operada por uma empresa concessionária – a Via Mobilidade.

Já a linha Ouro, que seria construída em novo formato – monotrilho em pista suspensa – tem frustrado o paulistano.

O método – que foi prometido como mais rápido e barato – está na verdade demorando a ser construído, problemas e altos custos no processo construtivo e ainda gerando críticas até com relação ao visual urbano dos imensos pilares expostos pelas regiões de jardim Aeroporto, Brooklin e Morumbi, por onde passa o trecho.

A frustração se estende ainda ao fato de o projeto ter uma segunda fase prometida de conexão com a estação Jabaquara, sem qualquer previsão para sair do papel. Segundo o metrô, seria necessário que a avenida Jornalista Roberto Marinho ganhasse sua também prometida e abandonada extensão até a Rodovia dos Imigrantes – obra que cabe à Prefeitura., dentro da Operação Urbana Água Espraiada.

O metrô já transportou mais de 29 bilhões de passageiros, o equivalente a 3,7 vezes a população da Terra ou a 135 vezes a população do Brasil. Os trens do Metrô de São Paulo já percorreram mais de 500 milhões de quilômetros (1.298 vezes a distância da Terra até a Lua).

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!