Siga-nos

Meio ambiente

Limpeza no armário infantil pode gerar boas doações

Publicado

em

Livros,material escolar, brinquedos e outros objetos em bom estado podem ser reutilizados por outras famílias ou instituições

Todo início de ano é uma correria dos pais para dar conta de atender as demandas escolares. São livros didáticos, material de apoio pedagógico, uniformes, mochilas e lancheiras, sem falar em papéis, canetas, lápis, réguas, compassos… Muitos optam por renovar todos os itens, mesmo que os utilizados no ano anterior ainda estejam em bom estado de conservação. Neste caso, o ideal é doar.
Antes de ter que encontrar espaço para os itens necessários a 2013, o ideal é liberar os armários de brinquedos, roupas, material escolar e livros antigos. Atenção especialmente àqueles que não são mais adequados à faixa etária das crianças e jovens da casa.
No caso dos livros didáticos, a rede pública de ensino trabalha com um esquema de reaproveitamento dos livros por três anos, ou seja, os pais devem conservar os exemplares ao longo do ano letivo para, ao final, doar para alunos que passam a cursar a mesma série.
Mas, na rede particular, é muito comum o uso de apostilas que não podem ser reaproveitadas por novos estudantes. Neste caso, o ideal é doar para reciclagem de papel ou até para ONGs que trabalham com elas como material de apoio ou para recortes.
Pensar coletivamente é sempre fundamental quando se fala em proteção de recursos naturais. Por isso, uma boa iniciativa pode ser a organização no ambiente escolar de coleta de materiais para doação ou reciclagem. Converse com outros pais e com a direção da escola para recolher e encaminhar corretamente o que não tem mais uso.
Outra orientação importante para este início do ano é ter em mente o propósito de cuidar com carinho de todos os artigos que forem comprados – da mochila ao livro paradidático, passando pelos uniformes. Assim, o material poderá ser reaproveitado por irmãos mais novos, estudantes amigos ou entregues para bibliotecas e entidades, no ano que vem.

 

 

 

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados