Siga-nos

Educação

Levy não vai fechar, diz secretaria

Publicado

em

Está novamente circulando, nas redes sociais, o boato de que a Escola Estadual Professor Alberto Levy será fechada, desativada pela Secretaria de Estado da Educação. A história ganha ainda mais força em um momento em que o Governo do Estado está vendendo e concedendo à iniciativa privada diversos prédios, além de autarquias e empresas estaduais.

Outro motivo que amplia o alcance da notícia é que outro prédio antigo e que ocupa igualmente um quarteirão no bairro, o Planalto Paulista, está à venda há anos – o antigo laboratório . O imóvel agora pertence ao Creci – Conselho Regional de Corretores de Imóveis, que havia adquirido a propriedade em 2011 para transformá-la em sua sede, mas desistiu do projeto.

A Secretaria de Estado da Educação, entretanto, voltou a negar – como já havia feito em abril do ano passado – qualquer projeto para desativação da unidade.
Pelo contrário, informa a assessoria da pasta, as matrículas para o ano letivo 2021 estão abertas, como em toda rede estadual. A assessoria indica que interessados liguem antes de comparecer ao local, entretanto.

Referência em bons resultados na educação pública ainda nos dias de hoje, o Levy existe desde a década de 1950. O nome Professor Alberto Levy foi em homenagem a um professor britânico que chegou a ocupar cargo de vice Cônsul na capital paulista e envolveu-se em movimentos políticos da época. Foi oficializado em 6 de maio de 1954, por um decreto estadual. Até então, a unidade era conhecida apenas como Colégio Estadual de Indianópolis.
Por lá passaram figuras como o ex-ministro da educação Renato Janine Ribeiro, além da filósofa Marilena Chauí.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados