Siga-nos

Cultura

Integração Brasil-França é destaque em mostra cultural do Liceu Pasteur

Publicado

em

Qual a sensação de caminhar pela Paris do início do século passado, observando as mulheres com roupas da Belle Epoque, os cafés, a recém construída Torre Eiffel? E se mesclarmos essa paisagem com a de São Paulo em rápido crescimento na mesma época, com o Modernismo em ebulição e as influências francesas nitidamente perceptíveis, da arquitetura à arte? Essa efervescência cultural e o intercâmbio de ideias entre o Brasil e França pôde ser sentida e resgatada, quase um século depois, no histórico prédio do Liceu Pasteur, na Vila Mariana.
O colégio, que em 2013 chegou à marca de 90 anos, fez de sua Mostra Cultural Anual uma celebração dos laços culturais entre os dois países. Alunos desde o maternal até a 2a. série do Ensino Médio destacaram traços importantes da arte, da moda, da ciência e da cultura nos dois países, buscando traduzir em projetos como foi aquela época em que o Liceu se instalava no Brasil.
Com um olhar multidisciplinar, vários conceitos foram abordados em cada projeto. Os pais saíram do Colégio, ao final do dia, com a sensação não apenas de admiração do trabalho feito pelos filhos e seus colegas, mas também com a certeza de terem aprendido muito. Enquanto os pequeninos do maternal demonstravam o que é o Chanel no. 5, perfume mais famoso do mundo, e discutiam o sentido do olfato, os mais velhos, do 1o ano do Ensino Médio, aprofundavam o conceito com um projeto sobre a Maison Channel.
Os também pequeninos do Jardim II montaram um museu, Le Musée Vivent, com esculturas “vivas” reproduzindo obras de Rodin, Degas… Enquanto isso, pelas salas onde estavam os trabalhos do Ensino Fundamental, os visitantes revezavam o olhar entre a cultura françesa, estabelecendo paralelos entre literatura, arte, moda e culinária. O pioneirismo, a ousadia e a vanguarda do trabalho de figuras como Apollinaire, Monteiro Lobato, Pixinguinha e Mistinguetti dividiam espaço e encantavam os visitantes da Mostra.
As turmas do Ensino Fundamental II foram pesquisar moda, cinema, vanguarda, montaram almanaques, ao mesmo tempo em que discutiam o Modernismo, Mário de Andrade ou a própria história de fundação do Liceu Pasteur em São Paulo, além de temas como o surrealismo, a publicidade, os esportes…
Já as turmas do Ensino Médio mergulharam em temas apaixonantes como a urbanização de Paris, com paralelos à construção do Liceu Pasteur e ao crescimento da cidade de São Paulo na década de 1920, o Grande Gatsby, os cabarés.
Tudo isso fez da Mostra Cultural um momento rico para garantir a interatividade entre alunos de diferentes faixas etárias – todos interessados no que outras séries tinham para contar. “Eles estavam muito empolgados, queriam aprender mais e mais”, diz a coordenadora pedagógica Denise Pianna Grecco que, ao lado da também coordenadora Yvete Porto Forlenza, organizou a Mostra.
Elas ainda apontam para o fato de que, com a internet, a globalização da economia e a facilidade atual de viagens pelo mundo e, claro, o trabalho de integração educacional franco-brasileiro desenvolvido no Liceu, a linguagem do evento foi de fácil assimilação pelo público. Ponto alto, ainda, foi a sessão de gastronomia, comandada pela professora Bernardete Schoofs: um delicioso passeio por receitas nacionais e francesas.
Outro destaque do evento foi a presença do diretor geral da Aliança Francesa de São Paulo, Olivier Debray, que acaba de chegar ao Brasil. A parceria entre Liceu e Aliança Francesa deve ser intensificada no próximo ano.
O Liceu Pasteur fica na Rua Mairinque, 256 – Vila Mariana. Telefone: 2344-9000

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados