Siga-nos

Ecourbis

Iniciativas beneficiam quem recicla embalagens

Publicado

em

trocar reciclagem por descontos na conta de luz

E se as pessoas em um estádio de futebol recebessem crédito para devolver copos e garrafas recicláveis em lixeiras adequadas? Já está em estudo uma iniciativa assim, para implantação no Rio de Janeiro, no Estádio do Maracanã.

Uma cervejaria recentemente desenvolveu um programa que compensava em 10 centavos cada garrafa de vidro  long neck devolvida em pontos de descarte específico, que já trituravam as garrafas em máquinas implantadas em supermercados.

Algumas startups estão promovendo coleta de embalagens de diversos tipos de produtos, de várias marcas, estão também oferecendo “pontos” para consumidores que contribuem com a proposta. Depois, é possível trocar os itens por vários pontos e benefícios ou fazer doações a entidades.

Entre elas, há a Terracycle (terracycle.com.br) que está coletando embalagens das marcas Ninho, Nestlé chocolates e biscoitos, Natura, Body Shop, cápsulas de café expresso das marcas Illy, L’ór, Pilão e Melitta; esponjas Scotch Brite, produtos Avon, itens de escrita Faber Castell e brinquedos Hasbro. Os doadores não pagam pela remessa por correio e a doação é destinada a alguma entidade de sua confiança.

Já a Triciclo (triciclo.eco.br) tem diversos pontos de entrega de materiais recicláveis e também de materiais perigosos (como remédios, por exemplo) espalhados por vários endereços. O consumidor que depositar ali seus materiais vai colecionando pontos em uma conta pessoal, que depois podem ser trocados por descontos, bônus ou mesmo produtos em livrarias, por exemplo. É preciso instalar um aplicativo Triciclo, disponível para celular. Mais informações no site.

A startup Molecoola tem trabalho semelhante. O consumidor deve levar seus recicláveis limpos e separados a uma loja contêiner da startup – há uma no Largo de Moema/Praça Nossa Senhora Aparecida – e vai somando pontos. Embalagens das marcas parceiras valem mais pontos  e, alguns deles, são produtos de difícil reciclagem, como latas de tinta.

Os pontos são somados em uma conta e depois podem ser trocados por produtos, descontos e serviços.  Veja detalhes e a tabela de pontuação completa no site molecoola.eco.

Outro programa que incentiva a reciclagem é promovido pela concessionária Enel de fornecimento de energia. Oferece bônus na conta de luz em troca de materiais recicláveis (papel, plástico, metal e vidro) e é reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente como uma prática de referência para enfrentar os desafios da implantação da Política Nacional de Resíduos. Para aderir ao programa, basta apresentar a conta de energia em um dos pontos de coleta e receber o cartão Ecoenel.

Após o cadastro, o cliente poderá levar os resíduos pré-separados por tipo até o ponto de sua preferência. Lá, eles serão pesados e o valor do bônus creditado automaticamente na conta de energia. Cada resíduo tem seu valor em quilo, unidade ou litro e, caso o valor da bonificação seja superior ao total da conta, o excedente é creditado automaticamente na fatura seguinte.

Os pontos de coleta e mais informações sobre o programa em São Paulo podem ser visualizados no link:  https://www.eneldistribuicaosp.com.br/sustentabilidade/Ecoenel.

Os clientes também podem usar o aplicativo do Ecoenel, disponível para Android e iOS

⇒ Leia mais:
Novas ações podem ampliar reciclagem na capital paulista

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados