Siga-nos

Saúde

Graac ganha terreno público na Borges Lagoa para ampliação

Publicado

em

Área, que pertencia à Prefeitura, servirá para ampliar atendimento a crianças com câncer

O atendimento médico estruturado e de qualidade para crianças com câncer precisa crescer e se fortalecer, afinal, se aplicado nas fases iniciais da doença, o tratamento permite a cura em cerca de 70% dos casos. Por isso, toda notícia relacionada ao GRAACC – Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer – é certamente uma boa notícia. Ontem, dia 16, a entidade ganhou mais um reforço ao seu trabalho. A Prefeitura doou um terreno de mais de 4 mil metros quadrados para que possa ser erguida ali uma ampliação do Instituto de Oncologia Pediátrica, parceria do Graac com a Unifesp.

O Instituto já existe, com sede na Rua Botucatu, na Vila Clementino. O novo terreno, até por questões técnicas e operacionais, precisava ser no mesmo bairro. E será: pela lei sancionada dia 16 de setembro pelo prefeito Gilberto Kassab, a área pública existente na Rua Borges Lagoa, 565 agora pertence ao Graac. A entidade promete transforma-lo em um grande centro de tratamento do câncer infantojuvenil da América Latina com alta resolutibilidade.

O hospital é administrado pela instituição em parceria técnica-científica com a Unifesp – Universidade Federal de São Paulo e já atende no limite do conhecimento e mantendo humanização e o suporte social aos pacientes.

Com a ampliação, será um dos poucos centros médicos do País com centro de tratamento radioterápico infantil, utilizando aparelhos com intensidade modulada, e um centro cirúrgico especializado em tumores no cérebro. O complexo hospitalar também contará com uma área de reabilitação e de pesquisa genética, biológica, cirúrgica, patológica e clínica, além de ampliar os centros cirúrgicos, Centro de Transplante de Medula Óssea e o número de leitos.

As obras, que acontecerão em duas fases, terão início já em outubro e a previsão é de um investimento de R$ 100 milhões. A primeira fase da expansão terá seis andares e estará pronta em 2011. A segunda fase entrará em operação em 2015.

Atualmente, o Graac já realiza anualmente 18 mil consultas médicas, mais de mil cirurgias, mais de 30 transplantes de medula e mais de 11 mil sessões de quimioterapia. Os pacientes podem contar ainda com o atendimento de serviço social, uma escola móvel que ministra aulas particulares dentro do hospital e atendimento multiprofissional para ajudar na retomada da rotina escolar e social.

Há 19 anos o GRAACC é reconhecido pelos expressivos resultados na cura do câncer infanto-juvenil com cerca de 70% de cura dos casos, índice semelhante a instituições de saúde européias e norte-americanas.

Em média, o GRAAC atende 300 novos casos por ano, sendo 90% dos pacientes procedentes do Sistema Único de Saúde (SUS). “Estamos ganhando um presente hoje da Prefeitura e que representa um selo de confiança para continuarmos prestando um serviço de qualidade. A nossa idéia é ser um hospital de alta resolubilidade que faz aquilo que os outros não fazem: curar casos de câncer complexos e de crianças que não conseguem ser tratadas na cidade onde moram”, disse Antonio Sérgio Petrilli.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Adriano T Guimarães

    18 de novembro de 2012 at 7:51

    Muito importante o Hospital na Borges Lagoa 550, ser referência no tratamento de cancer infantil, se especializando nesse setor, nas pesquisas, estudos e equipamentos modernos, com uma equipe de saúde moderna e ótimos profissionais,dedicados a cura dessa doença q se encontra no patamar de 70%, lutando para chegar a 100%, onde devemos lembra a Tuberculose era a doença q mais matava, virando hospitais terminais como muitas outras enfermidades…e os hospitais públicos precisam de doações da iniciativa privada para atender melhor nosso povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados