Siga-nos

Turismo e Lazer

Exposição marca reabertura do Pavilhão Japonês

Publicado

em

Um dos pontos turísticos mais tradicionais e também mais bonitos da região está de volta para ser apreciado pela população. Desde ontem, 21, uma programação especial celebra a restauração e reabertura do Pavilhão Japonês, no parque do Ibirapuera, bem como o aniversário da Cidade de São Paulo. Intutulada O Olhar Japonês no Brasil, a mostra reunirá diversos artistas e ressalta o intercâmbio cultural entre Brasil-Japão.

Em 2015, a restauração do Pavilhão Japonês foi um dos três projetos oficiais aprovados pela Comissão Organizadora das Comemorações dos 120 anos de Relações Bilaterais Brasil-Japão, presidida pelo embaixador do Japão Kunio Umeda.

Fechado em novembro passado para as obras, no dia 6 de janeiro ele reabriu ao público e agora, com o evento O Olhar Japonês no Brasil, traz exposições de Arte Craft (cerâmica, boneca tôsso, arte em metal, oshibana, tintura natural, shippo-yaki), Ikebana e Bonsai, além de Concertos de Música Clássica Japonesa.

Construído conjuntamente pelo governo japonês e pela comunidade nipo-brasileira e doado à cidade de São Paulo, em 1954, em comemoração ao quarto centenário da capital paulista, o Pavilhão Japonês, considerado um monumento símbolo de amizade e intercâmbio entre japoneses e brasileiros, é um dos raros pavilhões fora do Japão a manter suas características em perfeito estado de conservação. Um local no Parque Ibirapuera que vale a pena ser visitado.

A mostra

O público pode visitar o Pavilhão Japonês às quartas, sábados, domingos e feriados. Até 28 de fevereiro terá a oportunidade de conhecer e apreciar exposições de diferentes artes japonesas, feitas por brasileiros e nipo-descendentes: Arte Craft (cerâmica, boneca tôsso, arte em metal, oshibana, tintura natural, shippo-yaki), Ikebana e Bonsai. Aos finais de semana, serão apresentados os Concertos de Música Clássica Japonesa.

O presidente da Comissão de Administração do Pavilhão Japonês, Léo Sussumu Ota, ressalta que “de 21 a 25 de janeiro, comemorando o aniversário da cidade, o local estará aberto todos os dias. Uma opção de lazer e cultura para todos que estiverem em São Paulo aproveitando as férias ou o feriado”.

Além disso, os visitantes poderão adquirir peças de cerâmica e exemplares de bonsai com os expositores e, ao longo do dia, também há possibilidade de acompanhar explicações sobre o cultivo de bonsai.

Os concertos de música clássica japonesa acontecem sábado, às 15h; domingo, às 11h (curadoria de Shen Kyomei, presidente da Associação Brasileira de Música Clássica Japonesa). Será apresentada uma série de concertos da música clássica japonesa tendo como principal elemento inspirador a “Natureza”. Os programas a serem executados nos mostram períodos expressivos da história do Japão: a era Feudal, o período Edo, a Restauração Meiji e era Moderna – expressos nos acordes do shakuhachi, koto e shamisen. Diferentes grupos da Associação Brasileira de Música Clássica Japonesa farão as apresentações.

O Olhar Japonês no Brasil começou ontem, dia 21, e vai até 28 de fevereiro. Visitação quarta, sábado e domingo (aberto dias 21, 22 e 25; quinta, sexta e segunda-feira, pelo aniversário de São Paulo), das 10h às 12h e das 13h às 17h. Contribuição: R$ 5,00 e R$ 10,00 (isento para pessoas até 4 anos e acima de 65 anos).

 

 

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados