Jornal São Paulo Zona Sul

Estação Campo Belo já opera em horário integral

A ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás de metrô e da Linha 17-Ouro de monotrilho de São Paulo, informou que, a partir deste sábado, 13, a Estação Campo Belo da Linha 5-Lilás passa a funcionar em horário integral, de domingo a sexta-feira, das 4h40 à meia-noite, e aos sábados, das 4h40 até 1h da manhã.

Para mais informações, a ViaMobilidade, concessionária que opera a Linha 5-Lilás, coloca à disposição de seus usuários a Central de Atendimento (0800 770 7106), de segunda a sexta-feira, das 06h30 às 22h00, e aos sábados e domingos, das 08h00 às 18h00 ou o Fale Conosco http://www.viamobilidade.com.br/fale-conosco.

Recém inaugurada

O Metrô entregou na segunda, 8, a Estação Campo Belo do metrô, última da linha 5 – Lilás a ser aberta. No total, as obras para extensão do trecho, conectando-o às linhas já existentes Azul e Verde, nas estações Santa Cruz e Chácara Klabin, respectivamente.

Ao longo da semana, a linha teve operação assistida, das 10h às 15h, com cobrança de tarifa. Esse formato consiste na maturação dos equipamentos e sistemas, como os de alimentação elétrica, sinalização e telecomunicações, permitindo o aperfeiçoamento dos métodos de operação da estação.

A estação, como outras do novo trecho, foi entregue sem as portas de proteção nas plataformas, como havia sido anunciado.

A nova parada fica na esquina das avenidas Santo Amaro e Jornalista Roberto Marinho. Vários atrasos foram computados na conclusão de toda a linha e a estação Campo Belo demorou ainda mais por conta da demoras na desapropriação de imóveis desse trecho.

E por falar em atraso, o monotrilho 17 – Ouro vai se conectar à linha 5 na estação Campo Belo, mas nem há prazo para que isso aconteça. A expectativa era de entrega no segundo semestre do próximo ano, mas recentemente o contrato com um dos consórcios responsáveis pela obra foi rompido e não há informações sobre retomada. De qualquer forma, a nova parada já conta com túnel subterrâneo que garantirá acesso ao monotrilho.

A expectativa é de que 22 mil pessoas passem a utilizar a nova parada diariamente. Tem 8,1 mil m² de área construída e 22,5 metros de profundidade, que foram divididos em cinco pavimentos: acesso no nível da rua; saguão de entrada com bilheterias e linha de bloqueios; mezanino superior; mezanino de distribuição; e plataforma que será central.

Os itens de acessibilidade são compostos por 20 escadas rolantes, dois elevadores, piso podotátil e elementos antiderrapantes nas escadas fixas.

A estação já foi inaugurada com bicicletário.

 

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!