Siga-nos

Política

Eleições deixam rastro de sujeira pela região

Publicado

em

A boca de urna é proibida, durante as eleições. Mas, a principal forma de burlar a legislação, adotada infelizmente por candidatos de todos os partidos, é abarrotar as portas de escolas onde acontece a votação ou vias de grande circulação de pessoas, na tentativa de conquistar eleitores indecisos de última hora.

Assim, cabos eleitorais espalham “santinhos” durante a madrugada aos milhares e tapetes de papel se formam por todo o país.

Foi assim também na região, numa demonstração de falta de preocupação com o meio urbano. A foto acima mostra a região da estação Conceição do metrô, onde, além de os folhetos ficarem espalhados ainda durante toda a segunda-feira, foram vistos também cavaletes empilhados em vários canteiros de avenidas, como entulho irregularmente despejado pela cidade.

A Secretaria de Coordenação de Subprefeituras precisou montar um mutirão com quase 3 mil homens e 250 caminhões para que esse lixo não fosse todo desviado para os bueiros, o que dificultaria a drenagem de água da chuva durante a semana.

Todas as 31 subprefeituras da capital participaram do trablaho, que começou ainda na tarde de domingo e se estenderam até 1h da manhã da segunda-feira, dia 4, quando foram interrompidos para recomeçarem às 6 horas.

“Intensificamos a limpeza por meio de uma ação conjunta de todas as subprefeituras da capital e impedimos que toneladas de lixo fossem parar nos bueiros e sistema de drenagem da cidade”, destacou o secretário de Coordenação das Subprefeituras, Ronaldo Camargo.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados