Siga-nos

Meio ambiente

é tempo de tirar os “bagulhos” do quintal

Publicado

em

Móveis e eletrodomésticos quebrados, colchões velhos, pneus e outros objetos… Livre-se de tudo sem sujar a cidade, gratuitamente

Entre as promessas feitas todo início de ano, a limpeza e reorganização das casas é uma das mais comuns. Desocupar armários, liberar quintais e garagens, retomar o projeto de um jardim são realmente bons objetivos a concretizar. Igual importância, entretanto, têm duas tarefas paralelas: decidir o destino daquilo que foi retirado do imóvel e impedir que novos artigos inservíveis voltem a se acumular.
A remoção dos chamados “bagulhos” de casa conta pontos também na atitude ecologicamente responsável. Ambientes limpos evitam a proliferação de animais e insetos que transmitem doenças, como pombos, ratos, moscas e mosquitos. Além disso, a sucata pode ser transformada através da reciclagem e o destino correto dela ainda evita sujeira em meio urbano e entupimento de bocas de lobo.
Para se desfazer de artigos como pneus velhos, móveis quebrados, sofás e colchões já tomados pelo ácaro, eletrodomésticos e eletrônicos que não funcionam, o ideal é recorrer às chamadas “Operações Cata-Bagulho”. Promovidas regularmente pelas subprefeituras, elas permitem que o morador coloque em sua própria calçada o objeto do qual pretende se livrar – em geral aos sábados pela manhã, sempre obedecendo roteiro de ruas pré-determinado.
Os caminhões da Prefeitura passam então recolhendo tudo que foi descartado – só não pode colocar lixo comum, entulho e resíduos infectantes (hospitalar). O serviço é gratuito e, para saber quando vai passar em sua rua ou em seu bairro, basta se informar pelo telefone 156.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados