Jornal São Paulo Zona Sul

Doria já define nomes que vão comandar “prefeituras regionais”

A partir de 1 de janeiro a cidade estará sob novo comando. E o prefeito eleito João Dória já anunciou não apenas nomes de secretários, como também o de futuros subprefeitos. Na verdade, Dória pretende alterar a atuação e o nome das subprefeituras, que passarão a ser Prefeituras Regionais.
Esta semana, o futuro Secretário das Prefeituras Regionais, Bruno Covas, apresentou os 20 primeiros escolhidos, incluindo Vila Mariana, Santo Amaro e Cidade Ademar. Jabaquara e Ipiranga ainda não foram anunciados. Na ocasião, Covas disse que escolheu os nomes com total liberdade, conforme determinação do próprio Dória. Ele não falou em prefeitos regionais que morem na própria área em que vão atuar, mas sim que “tenham relação” com a região.
Dezoito são homens e apenas duas mulheres estarão, por enquanto, no comando das Regionais. Doria, quando eleito, havia dito que seriam “muitas mulheres, mas não era possível falar em cotas de mulheres”. Ainda faltam 12 nomes para serem anunciados. Segundo Covas, os demais nomes devem ser apresentados na terça-feira, dia 6.
Para a Vila Mariana, que engloba os distritos Vila Mariana, Saúde e Moema, foi nomeado Benedito Mascarenhas Louzeiro. Ele é jornalista e servidor da Universidade Federal de São Paulo. Trabalhou no Ministério da Educação, na Casa Civil do governo estadual e atualmente é coordenador da Assessoria de Relações Institucionais da Secretaria Estadual de Educação.
Para a Cidade Ademar foi escolhido Júlio Carreiro, químico com especialização em gestão ambiental, professor universitário e voluntário em projetos sociais. Ele já foi diretor do Parque Raposo Tavares e gerente de projetos de políticas públicas na Fundação Prefeito Faria Lima – CEPAM. É assistente técnico na diretoria de Gestão da Cetesb.
Para a Subprefeitura de Santo Amaro, foi indicado Roberto Arantes Filho, bacharel em Direito, com MBA em Gestão. Ele já foi chefe de gabinete e coordenador de Relações Institucionais na Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, onde está desde 1996. Coordenou o projeto do veículo leve sobre trilhos (VLT) na Baixada Santista e os serviços de mobilidade da Copa do Mundo em 2014.
Metas
Em artigo publicado na imprensa, Covas afirmou que pretende melhorar e agilizar serviços de zeladoria na cidade, implantando inclusive uma espécie de “poupatempo” municipal. Podas, tapa-buracos, recapeamento e prevenção de enchentes seriam focos de atuação. Coibir pichações é outra meta defendida por Covas.
O secretário fala ainda em reorganizar os serviços – redefinindo o papel das diferentes secretarias seria possível, segundo ele, desburocratizar o atendimento.
O prefeito João Dória eleito havia declarado que quer empoderar as Prefeituras Regionais.
Promete torná-las polos descentralizados, fomentando negócios e implantar o programa “Empreenda SP” para atuar nas 32 prefeituras regionais, em parceria com universidades, Sebrae, Sesc e Senai. Um dos principais objetivos é estimular a atuação dos jovens, com foco em novos negócios, especialmente no mundo digital.

foto-3

foto-5

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!