Siga-nos

Restaurantes

Do sarapatel à cajuína, novo restaurante capricha em opções tipicamente nordestinas

Publicado

em

Agreste já faz sucesso com espetinhos, mas também atrai com ovo de codorna, rabada, carne de sol

 Um clima nordestino está se espalhando por Mirandópolis, com a chegada do novo bar e Restaurante Agreste. A casa já era movimentada, porque ali funcionava o Bar da Cida. Agora, numa associação da Cida com os sócios do vizinho Legítimo Bar, Edson Bezerra e José Carlos, surgiu uma casa totalmente reformulada e o ambiente ficou ainda mais atraente. Ao passar pela calçada, novos clientes estão surgindo, encantados pelo aroma e pelo visual das mesas, onde se revezam pratos como sarapatel, jabá, caldo de mocotó, favada, bolinhos de tapioca… Uma cachacinha pode ser escolhida para acompanhar, entre os vários rótulos que a casa oferece, ou uma dose de Jurubeba ou outro drink. Mas, muitos acabam mesmo é escolhendo uma garrafa de um litro de Cajuína, refrigerante que desperta paixões, ou um suco de umbu…

O interessante do Agreste, aliás, é que a casa tanto é opção para o café da manhã, almoço do dia-a-dia, happy hour ou encontros com amigos à noite. As portas se abrem logo às 7h da manhã, oferecendo tapiocas com recheios diversos, bolos feito toda  manhã de milho, mandioca, fubá, chocolate, entre outros, sucos típicos  de graviola, umbu, cajá, tamarindu e cupuaçu…além da tradicional rapadura…

Para quem busca um almoço de sabor tipicamente brasileiro, a dica é optar pelo “comercial”. Tem baião de dois na estufa e carne de sol com queijo coalho ou baião de dois. Mas o cliente pode também pedir a caseiríssima combinação de arroz, feijão e salada com acompanhamento, que pode ser contra filé, carne de sol, calabresa, filé de frango, omelete ou picadinho. A cozinheira de mão cheia também se esmera na produção dos “pratos do dia”: segunda tem virado à paulista, terça é dia de dobradinha com fava, quarta e sábados uma suculenta feijoada, quinta o cliente escolhe entre macarrão com frango ou galinhada e na sexta tem rabada ou flié de peixe.

O Happy Hour ou noitada no Agreste é uma delícia – pelas boas pedidas gastronômicas e também pela descontração que faz o bate-papo rolar solto. Tem porções frias bem originais, diferentes do que se encontra por aí: queijo coalho, jiló, moela, fígado, ovo de codorna… Entre as quentes, dá para chamar à mesa uma saborosa porção com dez bolinhos de tapioca ou o jabá acebolado que vem acompanhado de cebola, vinagrete, farofa e pão – tem a mesma combinação com carne de sol, contra-filé e calabresa. Caldo de mocotó e torresmo são outras delícias típicas nordestinas. Mas, quem preferir pode pedir as tradicionais fritas, uma bela salada e acompanhar com um grande sucesso da casa: os espetinhos, servidos de terça a sexta. Tem de coração, alcatra, queijo coalho, frango e calabresa. A cervejinha sempre geladíssima pode ser Skol, Itaipava, Brahma ou Original, além da Lieber, sem álcool!

Entre os lanches, o legal é experimentar o Agreste, que traz Carne de Sol, tomate e queijo, no pão francês. Para terminar a festa nordestina em grande estilo, experimente a abóbora com coco, jaca em calda ou o caju em calda.

Vá conferir! Fica na Rua dos Lilases, 35, pertinho da Rua Luís Góes, em Mirandópolis. Telefone: 5078-6212. Abre das 7h às 23h. Outras informações no site: www.agrestebar.com.br

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados