Siga-nos

Ecourbis

Descarte de óleo e lixo no ralo provoca entupimentos de rede

Publicado

em

Defender a preservação ambiental, já se sabe, não é exclusivamente preocupar-se com a conservação da fauna, florestas e oceanos – embora a atenção deva ser com todo o planeta e suas formas de vida.

A ação em meio urbano é fundamental. A destinação correta de resíduos sólidos contribui para mostrar a interrelação dos recursos naturais com a vida atribulada das cidades.

E dentro de casa já há muito que podemos fazer. Uma preocupação doméstica essencial para evitar problemas em toda a cidade é com o despejo de resíduos pela tubulação. Jogar óleo na pia ou nos ralos e descartar cabelos, fraldas e absorventes, entre outros rejeitos pelo vaso sanitário não compromete apenas o encanamento do imóvel, mas a tubulação da cidade.

Um litro de óleo pode contaminar até 25 mil litros de água. Isso porque suas substâncias não se dissolvem na água e, quando despejadas nos cursos d’água, causam descontrole do oxigênio e a morte de peixes e outras espécies. Em contato com o solo, há contaminação e mais sujeira.

E mais: ao lançar o óleo de cozinha na pia, vaso sanitário ou ralo, o resíduo acumula-se nas paredes dos canos e retém outros materiais que passam pelo local. Além de entupimentos, haverá “infarto” do sistema de esgoto com sérios problemas para manutenção das redes e custos mais altos para fazer consertos e reparos, sem falar nos impactos causados ao trânsito, com interdições para que o serviço possa ser executado.

Os custos do tratamento de água também aumentam e a solução está na consciência e reciclagem do óleo.

É possível acumular o que sobrou em garrafas pets e levar nos postos de reciclagem que dão um destino adequado ao material e evitam sérios problemas para sua casa e ao meio ambiente.

No caso de bares e restaurantes, por exemplo, o certo é que os estabelecimentos tenham a caixa retentora de gordura instalada, assim como estabelecido pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). O equipamento é responsável por separar o óleo e a gordura do restante do esgoto, e precisa ser limpo regularmente para melhor funcionamento.

E não se esqueça, lugar de lixo é no lixo. Evite jogar fraldas descartáveis, bitucas de cigarro, restos de alimentos, absorventes ou qualquer outro material no vaso sanitário, pias ou ralos. Toda a sujeira volta para sua casa, provoca entupimentos e traz mais prejuízos para o meio ambiente e sua família. do meio ambiente e limpeza urbana.

Esses pequenos pecados cotidianos, que passam despercebidos na rotina de muitas casas, como se vê, têm um custo elevado, causam incômodos excessivos a todos e prejuízo para toda a infraestrutura de coleta e tratamento. Causam inclusive o transbordamento de esgoto dentro de casa, quando o entupimento ocorre nos canos do imóvel, ou na rua, quando o lixo bloqueia as tubulações de coleta.

Estima-se que há quatro pedidos por hora, só na cidade de São Paulo, relacionados ao entupimento de encanamentos.

Vale destacar: produtos de higiene pessoal, como cotonetes, fio dental, absorventes e fraldas descartáveis, são “rejeitos” e devem ser descartados no lixo comum, não recicláveis. O óleo usado em frituras pode ser encaminhado para uso em projetos especiais por meio de entidades que fazem esse trabalho, como a Triangulo (triangulo.org.br), em estações existentes em supermercados ou em alguns escritórios da própria Sabesp, concessionária de águas e esgotos que atende a capital .

Separe o óleo em garrafas pet vazias, quando estiver frio, e vá armazenando. Depois, encaminhe para essas entidades ou leve a um dos escritórios regionais da Sabesp.

Na zona Sul Paulistana, há os seguintes endereços: – Rua Antonio Marcondes, 81 – Ipiranga;- Rua Gama Lobo, 1600 – Ipiranga; Av. dos Imarés, 633 – Moema; Rua dos Anapurus, 1.835 – Moema; Alameda Santos, ,1.919 – Cerqueira César.

Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. josé carlos rezende

    30 de outubro de 2020 at 10:26

    Relevante matéria. Conscientização das pessoas é de total importância.
    Parabéns JZS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados