Siga-nos

Comunidade

Comunidade da Vila Gumercindo se une

Publicado

em

“Incomodadas com a questão do lixo eletrônico, nós encontramos  empresas, que dão o destino correto a esse tipo de resíduo. Com o apoio delas, colocamos uma caixa da Coopermiti para o recolhimento desse material em dois pontos do bairro”, conta Rubia Souza, moradora da Vila Gumercindo.

Ela se refere a uma ação que começou em 2019 com a união de algumas amigas e se estende até hoje. Além da destinação correta do lixo eletrônico, elas já promoveram festas, ações de conscientização dos moradores, urbanização e jardinagem em antigos pontos viciados de entulho que receberam floreiras e deixaram de ser foco deste tipo de crime ambiental.  As floreiras implantadas foram doadas por floriculturas e moradores do bairro.

“Do final de 2019 até maio de 2022, já houve encaminhamento correto de mais de 1700 quilos de lixo eletrônico”. Baterias, pilhas, componentes de metais pesados diversos… O lixo eletrônico tem crescido ano a ano no mundo todo, por conta de avanços tecnológicos. Com a pandemia de covid e o aumento de interações online, trabalho em home office e educação à distância, essa tendência se acentuou.

Assim, as preocupações com a destinação correta do lixo eletrônico também precisa aumentar, porque esse material é contaminante e, quando garantido o descarte correto, não apenas se evita a poluição do meio ambiente como também novas agressões, já que boa parte pode ser reaproveitada ou reciclada.

Presente

Agora, com o arrefecimento da pandemia e a retomada gradual de atividades coletivas, a comunidade de Vila Gumercindo pretende retomar diversas ações de conscientização ambiental, especialmente por conta da proximidade do Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho.

“A Sociedade de Amigos de Vila Gumercindo (SAVG), é uma sociedade de bairro que está com 70 anos,  agora está nos apoiando nas ações de forma oficial e institucionalizada, pois agora somos um departamento que integra esta sociedade”, relata Rubia. “Nosso projeto inclui escolas municipais, estaduais e particulares”.

Ela conta ainda que o  grupo já disponibilizou uma pagina no Facebook:  Portal Meio Ambiente da Vila Gumercindo e está planejando utilizar outras formas de comunicação no bairro. “Estamos também negociando com a Subprefeitura para que no dia 02 de junho, na Semana do Meio Ambiente, um caminhão Cata-Bagulho circule por ruas do bairro, em trajeto a ser definido”, conclui.

Por enquanto, quem tiver lixo eletrônico a ser descartado pode aproveitar os pontos já implantados no bairro. Uma delas fica no Supermercado Hirota Food (Rua Vigário Albernaz, 695) e há uma caixa fixa,  da Green Eletron, na Paróquia São Francisco de Sales (Rua Dom Sebastião do Rego, 164)

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados