Siga-nos

Cultura

Com apresentações em São Paulo e Indaiatuba, a peça “As Loucuras da vovó Grana” apresentou reflexões sobre uso do dinheiro

Publicado

em

uso do dinheiro

Nas últimas semanas, a peça “As Loucuras da Vó Grana” reuniu mais de 1.800 crianças em escolas públicas de Indaiatuba e São Paulo, com nove apresentações gratuitas, leves e repletas de humor. As sessões aconteceram nos dias 24, 30, 31 de maio, além de 01, 02 de junho.  A “turnê” retorna e encerra só no dia 25, também de junho.

O espetáculo abordou a conscientização do uso do dinheiro e controle das finanças voltado para o público infantojuvenil, usando uma linguagem divertida, simples e objetiva.

Além de contarem suas experiências e contrapartidas, Vó Grana e sua prima de segundo grau, Vó Maria Isolda Isolina Isildina, transmitiram informações importantes sobre educação financeira, sem deixar o riso de lado. O tema é de grande relevância, já que a maioria das pessoas chega à vida adulta sem ter muito controle de suas finanças.

Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura e realizado pelo Ministério do Turismo via Secretaria Especial de Cultura, o projeto é uma produção da SSP, e contou com patrocínio da WTW em Indaiatuba e São Paulo.

A empresa pensa no futuro, quando apoia esses projetos. “A WTW transforma o amanhã apoiando projetos de interesse social e comunitário visando estabelecer laços de solidariedade e contribuir para uma sociedade mais íntegra e seres humanos melhores”.

Instituições que receberam o espetáculo:

– Indaiatuba – E.E. “Joaquim Pedroso de Alvarenga

– São Paulo – CEU Capão Redondo, CEU Guarapiranga, CEU Vila do Sol, CEU Casa Blanca e CEU Jambeiro

Sobre A WTW:

Na WTW, fornecemos soluções baseadas em análises de dados nas áreas de pessoas, riscos e capital que tornam sua organização mais resiliente, motivam a força de trabalho e maximizam o seu desempenho. Trabalhamos lado a lado com o cliente, trazendo diversos pontos de vista e um profundo compromisso com o seu sucesso.

Sobre o Ministério do Turismo:

Principal ferramenta de fomento à Cultura do Brasil, a Lei de Incentivo à Cultura contribui para que milhares de projetos culturais aconteçam, todos os anos, em todas as regiões do país. Por meio dela, empresas e pessoas físicas podem patrocinar espetáculos – exposições, shows, livros, museus, galerias e várias outras formas de expressão cultural – e abater o valor total ou parcial do apoio do Imposto de Renda. A Lei também contribui para ampliar o acesso dos cidadãos à Cultura, já que os projetos patrocinados são obrigados a oferecer uma contrapartida social, ou seja, eles têm que distribuir parte dos ingressos gratuitamente e promover ações de formação e capacitação junto às comunidades. Criado em 1991 pela Lei 8.313, o mecanismo do incentivo à cultura é um dos pilares do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), que também conta com o Fundo Nacional de Cultura (FNC) e os Fundos de Investimento Cultural e Artístico (Ficarts).

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados