Siga-nos

Gastronomia

Caldo de Kenga espanta o friozinho

Publicado

em

Macaxeira, aipim ou mandioca? Não importa o nome, mas um purê cremoso dessa delícia recobre alguma proteína rica em sabor. O “Escondidinho” já se tornou um prato famoso no país inteiro e tem inúmeras versões, embora sua origem na culinária tenha diferentes histórias e versões, o fato é que vêm do Nordeste brasileiro as receitas mais diversificadas e criativas.

Assim, é claro que na Cuscuzlícia, restaurante especializado em cuscuz nordestino e outros pratos típicos dessa região do país, tem várias opções para os fãs do escondidinho. Além de feito na hora, com ingredientes fresquinhos, vem daquele jeito especial: bem gratinado, com aquela casquinha crocante de queijo e bem recheado.

O restaurante conta com várias opções de recheios, inclusive vegetarianas. O purê de macaxeira pode “esconder” Frango desfiado,  Carne do sol,  Carne seca,  Bacon e calabresa, Carne de jaca,  Antepasto de berinjela, Banana da terra e ainda brincar com a mistura desses ingredientes.

Na Cuscuzlicia são nove versões, ao total, cada uma leva o nome de uma capital de estados nordestinos. Todos acompanham queijo e requeijão. Uma sugestão: peça qualquer uma das versões acompanhada de uma porção de arroz e vinagrete: combinação incrível!

Ainda, além das mais de 20 montagens de cuscuz nordestino recheado e diversos pratos típicos, as tapiocas doces e salgadas têm seu espaço. Aparentemente despretensiosas, elas têm fãs incondicionais, que podem acompanhar uma cervejinha gelada, uma caipirinha ou um drink da casa ou ser saboreada pela clientela como opção de sobremesa.

Entre as pedidas salgadas, a casa tem as opções carne de sol, carne seca, bacon e calabresa, frango cremoso, mozarela e tomate, dois queijos, e as opções veganas: antepasto de beringela e carne de jaca.

Já as montagens doces vêm com recheios de Romeu e Julieta (queijo e goiabada cremosa), Baianinha (coco ralado e leite condensado), Prestígio (coco ralado, chocolate meio amargo e leite condensado), Pitéu (nutella com morangos) e a caprichadíssima e super original Banana Formosa (banana da terra, queijo e melaço).

Quem ainda não foi conhecer a primeira cuscuzeria de São Paulo pode aproveitar o tempo agradável desse outono, e curtir a casa para almoço, café da tarde, happy hour ou jantar, afinal eles ficam abertos de segunda a sábado das 11h as 21h e sexta e sábado até as 22h.

A casa tem decoração toda inspirada nas paredes de barro de construções típicas nordestinas e vários cactos, chapéus nordestinos, cordas e até uma rede sob o letreiro de neon que aconselha: “Se avexe não”.

Super frequentada por famílias, casais, amigos e turmas de trabalho, a Cuscuzlícia não tem nem um ano de funcionamento em ponto físico – surgiu durante a pandemia ainda só no sistema de delivery mas, a pedido dos clientes fiéis se tornou um restaurante charmoso e acolhedor a todos. Para o almoço e jantar, há as opções de cuscuz, pratos típicos, escondidinhos, tapiocas salgadas e doces, diversos acompanhamentos…

Para o happy hour, aposte nas porções como bolinhos de macaxeira, Chapa Sento Sé (carne de sol, bacon, calabresa e macaxeira frita, servidos em uma chapa quente), dadinhos de tapioca com molho de pimenta… Há drinks inspirados na cultura nordestina, como o Capeta ou a Caipirinha Juliette, mas tem também pedidas tradicionais da coquetelaria internacional, como Mojito, Piña Colada, Negroni, Gin Tônica e outros.

Caldo de Kenga

E não poderia deixar de comentar sobre as novas opções que estão chegando no cardápio para espantar o friozinho, como o tradicional caldinho de feijão, caldo de mocotó, caldo verde e o delicioso caldo de Kenga, isso mesmo, caldo de Kenga, um caldo típico nordestino feito com frango desfiado. O mês de maio está chegando e o novo cardápio da Cuscuzlícia vem trazendo novidades.

Só mesmo conferindo o cardápio completo na casa, que fica na Rua Primeiro de Janeiro, 425 – Vila Clementino.

Pedidos para retirar via WhatsApp: 11 95426-3122 (clique aqui).

Ou pela pelo iFood: bit.ly/cuscuzlicia

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados