Siga-nos

Urbanismo

Cachorródromo da Chácara Klabin ganha nova calçada

Publicado

em

Atualmente a região da Vila Mariana já conta com 10 espaços, os chamados cachorródromos, próprios para os donos levarem e brincarem com seus cães. Para que esses lugares de convívio durem é necessário cuidado e manutenção.

No início dessa semana o cachorródromo da Praça Giordano Bruno, conhecido como Espaço Pet Manchinha, na Chácara Klabin, recebeu melhorias para melhor aproveitamento da população. No entorno da área cercada foram colocados pisos intertravados, formando um calçamento. “É uma pequena melhoria, mas que garante mais conforto às pessoas que vão passear com seus cachorros no espaço”, diz o subprefeito da Vila Mariana, Diogo Soares.

A Subprefeitura informou ainda que irá inaugurar outro cachorródromo, na Praça Prof. Mario Autuori, na Saúde. Espaços específicos para cachorros garantem a segurança dos animais e também das outras pessoas, pois, mesmo não sendo permitido andar com seu pet sem coleira em via pública, muita gente não respeita essa regra.

Atualmente, na nossa região temos 10 espaços específicos para cachorros:

  • Praça Antonio Borges de Almeida (Chácara Klabin)
  • Praça Cidade de Milão (ao lado do Ibirapuera)
  • Praça Nossa Senhora Aparecida (Moema)
  • Praça Rosa Alves da Silva (Vila Mariana)
  • Praça Giordano Bruno (Chácara Klabin)
  • Praça Pereira Coutinho (Vila Nova Conceição)
  • Praça São Francisco da Glória (Jardim da Glória)
  • Praça Ayrton Senna (Modelódromo do Ibirapuera)
  • Praça Alexandre Cabanel (Saúde)
  • Praça Coronel Fernandes de Lima (Moema)
Advertisement
1 Comentário

1 Comentário

  1. Antonio Carlos

    5 de agosto de 2021 at 7:46

    Tudo muito bom. O grande problema são os cães que latem insistentemente durante todo o dia E PARTE DA NOITE. Moro em frente ao cachorródromo e garanto que a vida por aqui não está fácil. Será que não se pode dar algum tipo de alerta a esse respeito? Não é apenas um cachorro. Parece que eles se revezam. Assim que uma “equipe” sai chega outra e recomeçam os latidos bem esganiçados agudos e insistentemente entrando em nossos ouvidos. Nada contra os cães. Eu também tenho o meu cãozinho e adoramos passear pela praça. Mas seria muito bom se os donos de cães não vissem nossa praça como um lugar onde eles podem “largar” seus cães a latir sem ao menos fazerem um simples “shi” para que não latissem para tudo e para todos. Que fique bem claro, meu desabafo não é em relação aos cães mas sim ao descaso com quem quer trabalhar, estudar ou descansar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados