Siga-nos

Homenagem

Arnaldo Faria de Sá recebeu homenagens

Publicado

em

Em respeito ao vereador Faria de Sá (PP), que morreu na quinta-feira passada (16/6) em decorrência de complicações da Covid-19, o Plenário da Câmara Municipal de São Paulo abriu espaço para que os vereadores homenageassem o parlamentar. Arnaldo Faria de Sá, 76 anos, foi eleito vereador na capital paulista em 2020 e assumiu uma cadeira no Legislativo paulistano no início da atual legislatura (2021 -2024).

Conforme prevê o Regimento Interno da Câmara em casos de falecimento de um vereador, o presidente da Casa, vereador Milton Leite (UNIÃO), declarou a extinção do mandato de Faria de Sá na abertura da sessão de hoje. Na sequência, Milton convocou o vereador suplente Major Palumbo (PP) a tomar posse no Parlamento da capital paulista no prazo de 15 dias.

Antes de fazer um minuto de silêncio em memória a Faria de Sá, Milton Leite destacou o histórico da trajetória do vereador e lembrou de uma das principais áreas de atuação do parlamentar. “Faria de Sá foi um ilustre defensor dos idosos, aposentados e pensionistas na carreira política”.

Homenagens

Após encerrar a sessão, Milton Leite concedeu o tempo para parlamentares se manifestarem no Plenário. A 1ª vice-presidente da Câmara, vereadora Rute Costa (PSDB), também relembrou momentos da vida política de Arnaldo Faria de Sá. “Foi um homem que fez diferença na política brasileira e deixa, com certeza, um legado”.

Líder do governo na Casa, o vereador Fabio Riva (PSDB) falou sobre a convivência com Faria de Sá na Câmara. “Com toda a sua experiência e todo o seu trabalho ao longo de muitos e muitos anos na Câmara Federal, nos deu o privilégio de compartilhar com cada um de nós a sua experiência”.

Para o vereador Gilberto Nascimento Jr. (PSC), esta foi uma tarde “emocionante e de lembranças de um grande homem público”. Gilberto disse ainda que Faria de Sá fez o que “um homem público, aquele que se coloca como representante do povo, deve fazer. E ele fazia muito bem”.

O vereador Dr. Sidney Cruz (SOLIDARIEDADE) também utilizou a tribuna do Plenário 1º de Maio para falar de Faria de Sá. “Tivemos a honra de trabalhar e conhecer o grande homem público que foi Arnaldo Faria de Sá”.

Outro parlamentar que expressou sentimentos de pesar foi o vereador Eduardo Suplicy (PT), que compartilhou conversas com Faria de Sá. “Especialmente a respeito daquilo que ele tinha como um dos seus objetivos maiores de defesa dos idosos, dos aposentados, dos pensionistas e sempre pensando na defesa dos direitos humanos”.

Ainda em relação ao legado deixado por Faria de Sá, o vereador Alessandro Guedes (PT) reiterou o trabalho do parlamentar voltado aos idosos, aposentados e pensionistas. “Arnaldo sempre será lembrado por esta marca que construiu, mas também pela sua capacidade de articulação”.

Da tribuna, o vereador Eli Corrêa (UNIÃO) afirmou que ele e Faria se conheciam há anos. “Uma pessoa amiga e a quem eu sempre admirei. Hoje, nós, o povo brasileiro, temos que ser gratos a tudo o que ele fez no Congresso Nacional”.

O vereador Rodrigo Goulart (PSD) resgatou lembranças de quando era criança e chegou a frequentar o escritório de Faria de Sá. “São várias as boas lembranças, além do legado que ele deixou no Legislativo e no Executivo por onde passou, mas também essas relações mais amistosas entre nós”.

Por fim, o líder do PT na Casa, vereador Senival Moura (PT), lamentou a perda. “Para nós, é um legado muito grande que deixa aqui o nobre ex-vereador Faria de Sá por tudo aquilo que ele fez, lutou e batalhou”.

Deputado Constituinte

Arnaldo Faria de Sá também foi deputado constituinte, e eleito por oito mandatos. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), decretou luto oficial de três dias. Em nota, Lira afirmou que o ex-deputado deixa “legado admirado por todos, acima de todas as diferenças”.

Arnaldo Faria de Sá (1945 – 2022)

Arnaldo Faria de Sá foi eleito deputado federal por oito mandatos. Na Prefeitura de São Paulo, esteve como secretário municipal de Esportes na década de 1990, secretário de Governo no início de 2000 e assumiu a Subprefeitura de Jabaquara em 2019. Na Câmara Municipal de São Paulo desde 2021, Faria de Sá era membro da Comissão de Trânsito, Transportes e Atividade Econômica e presidente da Comissão Extraordinária do Idoso e de Assistência Social. Ele também estava como relator da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Poluição Petroquímica.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados