Jornal São Paulo Zona Sul

Apreensões de drogas marcaram outubro

Seis grandes ocorrências marcaram outubro no Jabaquara, com apreensões de drogas em diferentes pontos da região.

Rua Nelson Fernandes

No início do mês, a Polícia Civil prendeu um pintor, de 33 anos, pelo transporte de 31,5 quilos de maconha, divididos em 26 tijolos, na Rua Nelson Fernandes. O flagrante foi realizado por agentes da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Osasco, após averiguação de denúncia anônima sobre a entrega de drogas em um bar, atrás do Terminal Jabaquara. Segundo a informação, o entorpecente seria distribuído em Osasco.

No local indicado, os policiais ficaram de campana e viram o suspeito, que estava em liberdade condicional, entrando no bar. Ele ficou alguns minutos no comércio e saiu para mexer em um do Renault Clio prata. Após retornar ao bar, os agentes fizeram a abordagem e localizaram a chave do veículo.

Em revista ao carro, dentro de uma caixa de papelão encontrada no porta-malas, foram apreendidos os 26 tijolos de maconha. O detido afirmou que entregaria as drogas a um homem no local.

O pintor foi encaminhado à Dise de Osasco e responderá por tráfico de drogas. Os tijolos de maconha foram levados ao Instituto de Criminalística (IC) que confirmo a substância.

Rua Alba

Ainda no início do mês, a Polícia Militar apreendeu 359 porções de drogas e nove frascos de lança-perfume com um homem, por volta das 2 horas da manhã, do dia 7. O suspeito foi abordado por uma equipe do 3º Batalhão Metropolitano durante patrulhamento na Rua Alba, preso e encaminhado ao 16º Distrito Policial (Vila Clementino).

O lança-perfume, 191 pedras de crack, 94 pinos de cocaína e 84 papelotes de maconha foram recolhidos e periciados pelo Instituto de Criminalística (IC).

Laboratório

Outra ação aconteceu na Marginal Tietê, mas levou também ao Jabaquara.

A Polícia Militar prendeu um homem de 36 anos que transportava drogas na Marginal. Na ação, foram apreendidas 18.485 porções de entorpecentes. Foi com a ajuda de uma denúncia anônima que equipes das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) descobriram o objetivo e o trajeto do criminoso, que utilizava um Kadett branco para se deslocar do norte ao sul da cidade. Os policiais montaram um esquema intensivo de patrulhamento e conseguiram encontrar o carro e abordar o homem na Marginal, na altura da Ponte da Casa Verde. Ele estava com cinco tijolos de maconha e um de cocaína.

Detido em flagrante, ele confessou o crime e revelou ser membro de uma facção desde 2013, quando cumpria pena em um presídio do interior do Estado de São Paulo. Ele levou os policiais até uma base que servia para o preparo das drogas.

Essa base funcionava na Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira e lá foram encontradas mais porções com 15,1 quilos de cocaína, 1,9 kg de maconha e 900 gramas de crack, além de embalagens vazias e R$ 3.230.

Dois celulares e anotações sobre a venda de drogas também foram localizados e apreendidos e serão periciados pelo Instituto de Criminalística (IC). O suspeito foi indiciado por tráfico e o caso foi registrado no 97º Distrito Policial (Americanópolis).

Rua Marjorie

Por fim, a manhã de domingo (22), a Polícia Militar prendeu um rapaz, de 25 anos, encontrado com 132 unidades de cocaína, maconha e crack, na Rua Marjorie, bairro do Jabaquara, zona sul da Capital.

O flagrante foi realizado por uma equipe da 2ª Companhia do 3º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M). Durante patrulhamento da PM pela região, o rapaz, que estava falando ao celular, viu a viatura e iniciou tentativa de fuga, mas acabou abordado.

Em revista, foram localizados dentro de uma sacola que o jovem levava, 89 pedras de crack, 29 unidades de maconha e 14 pinos de cocaína. Além das drogas, o celular do suspeito também foi apreendido.

Encaminhado ao 26º Distrito Policial (Sacomã), o rapaz responderá por tráfico de drogas e localização/apreensão de objeto.

Os entorpecentes foram encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC), que confirmou a ilegalidade das substâncias.

Atualmente, é possível fazer denúncias por telefone (181) ou mesmo pela internet.

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!