Siga-nos

Urbanismo

Aeroporto de Congonhas completa 81 anos e ganha “presentes”

Publicado

em

Em 12 de abril de 1936, foi inaugurado o Aeroporto de Congonhas, ainda em uma região completamente deserta da capital paulistana. Agora, 81 anos depois, o aeroporto coleciona muitas histórias, não só pela evolução do movimento, crescimento do entorno, mas também pelas polêmicas por conta de ser o segundo aeroporto mais movimentado do país e o primeiro em movimento corporativo. Esta semana, duas novidades foram divulgadas: a nova passarela para pedestres, sobre a Avenida Washingoton Luiz, e o lançamento de um novo centro de eventos junto a Congonhas.

O projeto da nova passarela foi divulgado pela Prefeitura: desde outubro de 2015, a passagem está com estrutura provisória. A construção da nova passagem começa a ser feita em em junho. A antiga passarela, inaugurada na década de 1970, estava havia mais de dez anos em processo de autorização para restauro.

O projeto de modernização inclui a instalação de elevadores em cada um dos dois acessos, restauro da escada helicoidal do canteiro central, instalação de estruturas metálicas, como corrimão, luminárias, guarda-corpo feito em chapa metálica modulada e cobertura em material leve e metálico para preservar o desenho da obra original. O valor estimado investido nas obras é de R$ 5,5 milhões, somadas a revitalização da passarela e a construção de uma praça no local onde hoje há um estacionamento, ao lado do futuro acesso da estrutura. A praça terá banheiro público, espaço de alimentação, quiosque de flores e espaço de convivência.

Os dois elevadores em vidro panorâmico e terá 70,11 metros de comprimento. Haverá um novo trecho de 12 metros que servirá de acesso à torre do elevador que será implantado na praça. A estrutura terá iluminação em todo o conjunto (escadas, passarela e praça), cobertura termoacústica (metal), pintura em tom grafite na área externa e cor mostarda internamente. Serão feitos a recuperação de toda a estrutura de concreto e o reforço nas fundações, pois a carga da passarela será maior.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2021 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados