Siga-nos

AudioMag

A experiência de usar aparelho auditivo

Publicado

em

Talvez você esteja passando por aquele momento de decisão: será que devo marcar uma consulta com um fonoaudiólogo? Devo comprar o aparelho auditivo? Será que ele é realmente necessário pra mim?

Muitos pacientes, ao se depararem com a perda de audição, não aceitam bem essa necessidade e acabam criando uma barreira para a própria felicidade. Encarar essa necessidade como uma nova etapa de vida faz toda a diferença para se permitir uma nova aventura.

Afinal, quando atingimos certa idade é inevitável que o organismo perca seu vigor e, aos poucos, a perda de audição vá se manifestando. Porém, mesmo sabendo que a surdez pode vir de maneira natural, provocada pelo desgaste natural da vida, há quem relate a resistência que teve para dar o primeiro passo: marcar a consulta com um fonoaudiólogo.

A verdade é que conversas, trabalho, lazer, reuniões de família, tarefas doméstica, tudo acaba sendo afetado de maneira negativa pela perda de audição e, consequentemente, há uma desmotivação para realizar qualquer tarefa. Acredite: este sentimento pode ser substituído através do uso dos aparelhos auditivos, devolvendo a alegria de escutar e ter autonomia para fazer suas próprias atividades. É possível participar de atividades entre amigos e familiares com muita desenvoltura, ouvir música e dançar com os netos na sala de casa, assistir a um filme na companhia de amigos, sem ensurdecê-los com o volume alto.

Em nossa rotina diária nos deparamos com pacientes que chegam ao consultório conformados em ter de comprar e usar aparelhos auditivos. Já outros chegam literalmente arrastados pelos seus familiares que estão enlouquecidos com o volume da tv, cansados de repetir as mesmas coisas, desgastados pelo esforço de falar mais alto. Apesar de toda essa dificuldade, na rotina, muitos destes pacientes negam a necessidade do uso dos aparelhos e não aceitam ao menos realizar um teste, o que muitas vezes gera um desconforto ainda maior com seus familiares.

Na AUDIOMAG, entendemos essas inseguranças e conduzimos este processo de forma leve e realista, pois durante o teste ou início da adaptação é esperado o desconforto proveniente de não estarem acostumados e também da configuração do aparelho não estar 100% pronta.

Todo esse processo deve ser gradativo e, no tempo do paciente, de forma a não gerar desconforto exacerbado.

A primeira experiência com os aparelhos auditivos deve ser leve, não pode ser uma tortura, mas para isso ocorrer, o profissional deve ser bem escolhido e ter a paciência e aptidão para acolher este paciente. Acreditem, o benefício do aparelho auditivo a longo prazo devolve a autonomia e a qualidade de vida!

Reflita: embora a adaptação de alguns casos tenha sido desconfortável no início, a maior parte demonstrou estar mais satisfeita com o aparelho, reconhecendo que estar sem aparelho é muito pior. O processo inicial de adaptação pode ser trabalhoso, porém se for bem realizado e bem amparado pelo profissional, torna-se muito mais tranquilo e o uso se torna muito fácil e confortável.

Ou seja, o aparelho auditivo pode ser aquilo que está faltando em sua vida. Que tal experimentar essa nova aventura e voltar a ouvir com qualidade?

Conte conosco!!

Atuamos há sete anos no bairro da Vila Clementino e contamos agora com uma nova unidade do Campo Belo.

Reforçamos a importância da intervenção precoce e convidamos você para conhecer o nosso atendimento.

Estamos aqui por vocês!

AGENDE UMA AVALIAÇÃO INICIAL SEM CUSTOS!

Fonoaudiólogas

ALESSANDRA HERRERA

DIANE MICHIUTI


– AudioMAG Vila Clementino

Rua Leandro Dupret, 168

Tel.: (11) 5083-6539

WhatsApp* (11) 94197-4510

 


– AudioMAG Campo Belo

Avenida Vereador José Diniz, 3457 – sala 810

Tel.: (11)  5531-7504 *

WhatsApp (11) 93401-3001

 


www.audiomag.com.br

 

Caros leitores, apesar do momento difícil, temos a tecnologia a nosso favor. Estamos prontos para oferecer atendimento presencial com excelência e segurança. E para aqueles que não têm permissão para sair de casa ou não sentem segurança, fiquem tranquilos. Conseguimos chegar até você com a mesma segurança através de um atendimento domiciliar, além das opções de teleatendimento (por vídeochamada) e os nossos serviços delivery.

Advertisement
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 Jornal São Paulo Zona Sul - Todos os Direitos Reservados