Mais alguns passos em direção à implantação do programa Vizinhança Solidária em Mirandópolis serão dados nessa segunda-feira, dia 4. O objetivo central do programa é melhorar a segurança do bairro promovendo contato mais estreito entre moradores e com a Polícia Militar.

A nova reunião com participação de moradores e representantes da Polícia Militar vai acontecer na Escola Estadual Rui Bloem, que fica na esquina da Rua dos Bogaris com a Avenida Senador Casemiro da Rocha.

A implantação do projeto no bairro próximo à estação Praça da Árvore começou a ser debatida em reunião do Conselho Comunitário de Segurança Saúde, em outubro passado, quando integrantes da Polícia Militar explicaram as etapas e os objetivos. Houve também um encontro em novembro.

Em linhas gerais, a ideia do Vizinhança Solidária é estimular a integração entre vizinhos e estabelecer, ao mesmo tempo, contato direto com autoridades policiais que atuam na área. Formam-se “bolsões”, ou seja, grupos de residências próximas em que moradores passam a ficar atentos a tudo que acontece na área, trocam informações e, caso necessário, buscam apoio policial.

Grupos em redes sociais e no aplicativo de celular WhatsApp geralmente são ferramentas que contribuem para essa vigilância conjunta compartilhada.

Na reunião dessa segunda-feira, 4, haverá um treinamento sobre “Dicas de Segurança”, ministrado pela Polícia Militar. A reunião acontece a partir das 20h, no anfiteatro do Rui Bloem, com entrada pela Rua dos Bogaris, 244) e é aberta a qualquer pessoa interessada. Se desejar, confirme presença ou leia mais detalhes do evento no Facebook. 

A coordenação do Projeto Vizinhança Solidária Mirandópolis está a cargo de:

Cap. Rômulo G. P. da Silva – Comandante da 3ª. Cia do 3º. BPM/M;
Ronaldo Ogasawara – Presidente do CONSEG Saúde – Vila Clementino e do Rotary Saúde;
Osmar de Rissio – Vice Superintendente da ACSP / Rotary Saúde;
Henrique Sonego – Tutor Geral dos bolsões / ACSP / Rotary Saúde;
Renato Sella – Tutor de bolsões;
Rogério Nagai – Tutor de bolsões.

 

Compartilhe:

Comente essa matéria: