Jornal São Paulo Zona Sul

Virgínia Rosa faz homenagem póstuma para parceiro em show no Jabaquara

Pianista Geraldo Flach faleceu dia 3, poucos dias antes de estrear show que lançaria novo CD

O pianista gaúcho Geraldo Flach – falecido a menos de 15 dias de estrear o show de lançamento do CD Voz & Piano (Lua Music), gravado em parceria com Virgínia Rosa – será homenageado nas noites de 15 e 16 de janeiro, sábado e domingo, no Teatro Cleyde Yáconis. Para interpretar as canções, com arranjos de Flach, estará sentado ao piano Ogair Jr, que, inicialmente, faria participação especial. “O disco foi uma das últimas gravações de Geraldo. Decidimos manter o show como uma homenagem a ele”, fala Fernando Cardoso, da Mesa 2 Produções, responsável pela realização do evento.

“Voz e piano é uma formação consagrada e um desafio para qualquer cantora. Você fica muito exposto e, mesmo um exímio pianista, tem que ter a humildade de colocar o talento a serviço da canção. No fundo são três forças que se complementam: a voz, o instrumento e a canção”, explica Virgínia, lembrando com carinho e ainda muito emocionada da trajetória do parceiro Geraldo Flach, que colaborou com Nana Caymmi, Ivan Lins, Renato Borghetti e Yamandú Costa, além de ter músicas gravadas por Elis Regina, Emilio Santiago e Taiguara, entre outros.

O trabalho de Geraldo Flach, que mescla raízes folclóricas com a música urbana filtradas pela linguagem do jazz, foi premiado no Brasil e no Exterior. Ele também assinou várias trilhas sonoras para televisão e cinema (inclusive do premiado curta-metragem realizado no Brasil Ilha das Flores, de Jorge Furtado). Ainda no universo das telonas, Geraldo foi júri do Festival de Cinema de Gramado por muitos anos.

Entre as canções previstas para o show estão Maria Maria (Milton Nascimento), Que Nem Jiló (Luiz Gonzaga), Amor de Índio (Beto Guedes e Ronaldo Bastos), Kalu (Humberto Teixeira), Dindi (Tom Jobim e Aloysio de Oliveira) e Cacilda (José Miguel Wisnik), todas faixas do novo disco, O show também tem espaço para canções que não foram gravadas, como Na Baixa do Sapateiro (Ari Barroso).

Parceiros de longa data, Virgínia e Geraldo tiveram uma trajetória de amizade e cumplicidade profissional. “Conheci o Geraldo por intermédio da Lucinha Lins, quando assisti em São Paulo a um show que faziam juntos com canções de Sueli Costa”, conta a cantora. A admiração profissional tornou-se amizade, quando por obra do acaso, Virgínia foi convidada para participar de um show com Geraldo em Porto Alegre, em 2005. “O show seria com Lucinha Lins, mas impossibilitada de participar por conta das gravações da novela em que atuava, coube a Virgínia substituí-la”, contam os produtores Fernando Cardoso e Roberto Monteiro no encarte do CD.

“O encontro foi maravilhoso e, a partir daí, fizemos várias parcerias”, explica Virgínia”. O encontro em Porto Alegre foi o embrião para o CD que se concretizou cinco anos depois. “Desde que fizemos o primeiro show já sentimos que podíamos gravar. As pessoas saíram do show cobrando o disco”, lembra a cantora. Virgínia diz que a cumplicidade contribuiu para o projeto dar certo.

O show de lançamento do CD Voz & Piano, de Virginia Rosa e Geraldo Flach, com Virgínia Rosa e Ogair Jr. será no Teatro Cleyde Yáconis dias 15 e 16 de janeiro, sábado, às 21h e domingo, às 19 horas. Ingressos –  R$30,00 e R$15,00.

O TEATRO CLEYDE YÁCONIS fica na Avenida do Café, 277 – Jabaquara. Estação Metrô Conceição. Telefone 5070-7018.

Comentar

Teste

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!