Jornal São Paulo Zona Sul

Vila Mariana: moradores temem adensamento populacional

A Vila Mariana já cresceu muito nos últimos anos, como bairro que representa quase uma extensão do centro e da Avenida Paulista. Prédios e mais prédios invadiram o distrito, que é um dos três sob a responsabilidade da Subprefeitura de Vila Mariana. O mesmo pode se dizer, com segurança, de Moema, outro distrito inundado por edifícios que até geraram preocupações por conta da proximidade com o Aeroporto de Congonhas e por ser rota das aeronaves que ali pousam e decolam. Por fim, o terceiro distrito da Subprefeitura, a Saúde, também foi fortemente impactada pela verticalização e, na atualidade, é o que mais teme a expansão deste processo.
Este cenário ficou ainda mais nítido quando da realização do Câmara no Seu Bairro”, encontro promovido pelos vereadores em cada uma das 32 subprefeituras da cidade e que na sexta-feira passada, 16, foi realizado na Vila Mariana.
O presidente da Câmara, vereador Antônio Donato (PT), presidiu a sessão desta sexta, que reuniu cerda de 100 pessoas e foi acompanhada pelos vereadores Edir Sales (PSD), Dalton Silvano (PV), Marquito (PTB), Conte Lopes (PTB), Ari Friendenbach (PROS), Quito Formiga (PR), Aurélio Nomura (PSDB) e pelo subprefeito da Vila Mariana, João Carlos da Silva Martins.
A revisão do Projeto de Lei 272/2015, que trata da revisão da Lei de Zoneamento, foi um dos temas mais discutidos no encontro. A revisão da Lei de Zoneamento, atualmente em debate na Câmara, prevê que a região receberá uma ZEU (Zona Eixo de Estruturação Urbana) no entorno do Metrô. Isto significa adensamento maior no corredor por onde passa o metrô e deve voltar a incentivar a construção de empreendimentos imobiliários na região.
Outra polêmica retomada no encontro envolvia o Planalto Paulista, bairro definido desde 1972 como exclusivamente residencial pelo zoneamento da cidade. “Nós pedimos que o meio ambiente e a qualidade de vida na nossa cidade seja preservada em uma área residencial. Novos comércios irão prejudicar a vida dos moradores”, pediu o vice-presidente da Sociedade dos Amigos do Planalto Paulista, Hélio Hijuchi.
Outra parte dos moradores defendeu a implantação das ZCOR (Zona Corredor), no Planalto Paulista. “Queremos que apenas quatro vias sejam classificadas como ZCOR para garantir nosso direito de poder ter comércios perto de casa e poder comprar um pão, frequentar escola, igreja, enfim, não ter que se deslocar para outros bairros. As árvores, com certeza, continuarão sendo preservadas” afirmou a moradora Angela Rabay.
Mobilidade
Boa parte dos moradores também pediu a atenção dos parlamentares para a mobilidade na região. Foram registrados pedidos de recapeamento de vias, fiscalização de calçadas e estudos de impacto dos corredores de ônibus na Av. Lins de Vasconcelos.
O Secretário Municipal de Relações Governamentais, José Américo, reforçou o interesse da prefeitura em discutir e encaminhar as demandas de Vila Mariana. “Temos feito um esforço muito grande nessa região, principalmente no sentido de revitalização dos extremos desses bairros. Recapeamentos de ruas, atenção às áreas de enchentes, como no córrego do Ipiranga, que são emergenciais para este território”, disse.

 

População teme novos prédios com legislação em debate

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!