Que tal criar mais hortas comunitárias no Jabaquara? Ou será que o melhor seria instituir uma campanha para reduzir a quantidade de entulho despejado irregularmente no bairro? Aumentar as praças, florir mais o bairro é uma ação ambiental interessante e criativa? Como estimular a reciclagem nas escolas, ampliar a educação ambiental?

Essas são apenas algumas perguntas que podem se transformar em propostas concretas. E qualquer pessoa interessada no tema e em melhorar a qualidade de vida no bairro pode participar, com contato direto e poder de decisão, dentro da Prefeitura Regional do Jabaquara.

A maneira mais fácil é participar do CADES (Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz). Quem quiser se tornar um “conselheiro” pode se candidatar para a eleição para o biênio 2018/2020. O prazo para se inscrever vai até 23 de agosto, das 10h às 17h, nos dias úteis, na Prefeitura Regional Jabaquara, localizada na Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 2314, perto do terminal Jabaquara do metrô.

Para participar, é preciso apresentar documento de identificação com foto, comprovante de endereço ou de trabalho, 01 foto 3×4 e apresentação de uma carta de intenções e propostas e ter mais de 18 anos.

A eleição será dia 02 de setembro de 2018 na Prefeitura Regional Jabaquara, com início às 10h e término às 16h.

O CADES

O Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz das Subprefeituras é um órgão de natureza participativa e consultiva que têm o importante papel de propor e colaborar com a formulação de políticas públicas relacionadas à proteção ambiental, à implantação de programas que fomentem a cultura de paz e à implementação da Agenda 21 Local, sempre promovendo e incentivando a participação social.

Constituído de forma bipartite, seus componentes são 50% eleitos pela sociedade civil e 50% por representantes do poder público. O mandato dos conselheiros é de dois anos, cabendo duas reconduções, por igual período.

O trabalho dos conselheiros não pode ser remunerado e é considerado serviço público relevante.

Compartilhe:

Comente essa matéria:

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!