Planalto Paulista e Mirandópolis, bairros onde há mais casas do que edifícios, têm muitas ruas ainda sem gás canalizado. Esta e outras informações podem ser consultadas com uma ferramenta de georreferenciamento recentemente lançada pela Companhia de Gás de São Paulo (Comgás).
Qualquer interessado pode consultar gratuita e livremente a localização exata de sua rede – a Comgás conta com mais de 14 mil quilômetros de rede em 87 municípios em sua área de concessão na região metropolitana de São Paulo, Baixada Santos, Vale do Paraíba e Campinas e região.
A ferramenta é importante para, por exemplo, um morador que pretende reformar o imóvel e quer saber se há gás encanado na área. Ou para quem pensar sentir cheiro de gás forte ter certeza de que naquela rua há tubulação.
Mas, além disso, segundo a Comgás, a ferramenta facilitará a consulta para o planejamento de intervenções no solo. O objetivo é que, uma vez cientes da existência de tubulação, as empresas responsáveis sejam estimuladas a tomar os devidos cuidados quando estiverem intervindo no subsolo urbano e também, sempre que possível, solicitem orientação técnica como plantas e croquis contendo detalhes sobre a rede de gás existente no local das obras.
“Essa iniciativa contribui para preservar a integridade dos nossos ativos e para evitar danos passíveis de causar vazamentos de gás e, em alguns casos, até mesmo o desabastecimento de clientes”, afirma o Diretor de Operações e Serviços da Comgás, José Carlos Broisler. A Comgás estima que esse acesso rápido pode diminuir consideravelmente os índices de danos à sua rede. Uma vez de posse da informação preliminar sobre a localização da tubulação, os interessados devem entrar em contato com a Companhia para obter mais dados e orientação sobre a rede de gás nos logradouros onde obras serão realizadas. Essas informações também podem ser solicitadas através do e-mail: cadastroderede@comgas.com.br.
A consulta deve ser feita em www.comgas.com.br/nossarede.

Dados estão disponíveis em www.comgas.com.br/nossarede

Dados estão disponíveis em www.comgas.com.br/nossarede

Compartilhe:

Comente essa matéria: