A Praça Cidade de Milão, na Avenida República do Líbano, em frente ao Parque do Ibirapuera, foi reinaugurada após reforma nem dezembro, com presença do prefeito João Dória

Em 2004, quando a cidade celebrava seus 450 anos, a Praça Cidade de Milão foi entregue como um presente aos paulistanos, restaurada e com sua fonte funcionando novamente, graças ao investimento feito pelo Instituto Italiano de Cultura, à época.  Em 2010, foram removidas as grades que distanciavam a praça da população, especialmente levando-se em conta que fica em frente ao Ibirapuera, na Avenida República do Líbano, quase como uma extensão do parque.

Mas, aos poucos, a Praça foi novamente sendo esquecida, abandonada, seus monumentos que fazem referência às fontes e chafarizes italianos voltaram a ficar desligados…

Há dois meses, em outubro passado, entretanto, a Prefeitura anunciou que a Praça voltaria a ser revitalizada. O resultado já pode ser visto e a inauguração oficial aconteceu em 17 de dezembro, com presença do prefeito João Doria e do prefeito regional de Vila Mariana, Benê Mascarenhas.

De acordo com a Prefeitura Regional, as obras de revitalização fazem parte do projeto Italia Per San Paolo – Monumentando e Restaurando a Cidade, idealizado pela Embaixada da Itália, pelo Consulado da Itália em São Paulo e pela Italian Trade Agency.

A empresa Pirelli fez uma doação à cidade e, no total, o projeto teve investimento de R$ 1,2 milhão, que resultou na restauração de quatro monumentos, que são reproduções de esculturas de Michelangelo. A fonte também foi restaurada, ganhando novo projeto luminotécnico e um novo entorno mais convidativo ao público. O projeto tem autoria do Instituto Europeu de Design (IED) e a obra será doada pela Pirelli, presente no Brasil desde 1929.

A praça Cidade de Milão foi inaugurada em 1962 após as cidades de Milão e São Paulo se tornarem “cidades gêmeas”, por meio de um acordo firmado na época.

Compartilhe:

Comente essa matéria:

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!