Jornal São Paulo Zona Sul

Potes de vidro podem ser doados para armazenar leite materno

Em agosto, celebra-se a Semana do Aleitamento Materno, para conscientizar a população sobre a importância desse alimento natural nos primeiros meses de vida de um ser humano.

Mas, muitas mulheres não podem amamentar por condições sociais ou de saúde e acabam recorrendo a bancos de leites maternos, como os existentes no Hospital São Paulo/Unifesp (fone: 5539-0155) e no Hospital do Servidor Público Estadual (fone: 4573-8172), ambos na Vila Clementino, Zona Sul da capital.

Para armazenar esse leite, doado por mulheres que estão amamentando e têm excedente de leite, é necessário usar potes de vidro, pois o material é ideal por ser esterilizável e adequado ao armazenamento. De acordo com a Abividro (Associação Brasileira da Indústria de Vidro), que promove a campanha “Doe Vidro, Doe Vida”, incentivando a doação de recipientes para bancos de leite, o ideal é doar vidros de boca larga e tampas de plástico, como embalagens de café solúvel, por exemplo. Os potes são esterilizados pelo banco de leite materno e encaminhados às  doadoras para um armazenamento seguro.

Comentar

Teste

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!