Jornal São Paulo Zona Sul

Liceu Pasteur faz parte da história da Vila Mariana

Colégio foi fundado há 90 anos e propõe valores humanistas e defesa da liberdade, inspirado na cultura francesa e seus pensadores

 

Ousadia e inovação marcaram a atitude de educadores, nove décadas atrás, em uma região até então pouco povoada. Aos poucos, em uma pouco habitada Vila Mariana surgia um prédio inspirado por ideais humanistas e com propostas de disseminar conhecimento, valorizar a liberdade e buscar a excelência, permanentemente. Surgia o Liceu Pasteur.

A instituição agora celebra seus 90 anos com base nesta história e fiel aos pilares de sua fundação, mas paralelamente com olhos no futuro, acompanhando as constantes e intensas mudanças sociais e tecnológicas. “Uma aula hoje em dia tem características diferentes de décadas atrás, na medida em que a transmissão do conhecimento passou a ser acompanhada de mais recursos tecnológicos e de um maior estímulo para que os alunos desenvolvam o raciocínio em relação aos temas que lhes são apresentados”, sintetiza Dr. Moacyr Expedito Marret Vaz Guimarães, diretor geral do Liceu.

Para comemorar, ao longo de todo o ano haverá um resgate desse processo contínuo, com destaque à memória do Liceu. A partir de hoje, banners com fotos da escola em diferentes épocas serão espalhados pelos históricos corredores e pátios do Liceu. No próximo mês, a tradicional festa junina terá os 90 anos do Liceu como tema – e vale lembrar que não só é um dos maiores eventos do Liceu, como também uma das mais famosas “quermesses típicas da região”. Depois, em setembro, o Colégio ainda promoverá o igualmente tradicional Dia do Liceu, que ocorre todos os anos e é composto por diversas atividades esportivas e culturais.

Cultura francesa

O Liceu Pasteur surgiu e se solidificou em São Paulo a partir de sua estreita relação com diferentes organismos do governo da França, tanto no campo pedagógico quanto cultural. “Os valores que defendemos são universais, mas se desenvolveram nos últimos séculos a partir de uma série de pensadores e eventos históricos da França, que se disseminaram pelo mundo”, lembra  Claudio Kassab, vice-diretor do Liceu.

O destaque maior deste trabalho pode ser conferido na Unidade Vergueiro do Liceu, que foi criada nos anos 1960 para acolher alunos de famílias francesas, mas que hoje recebe alunos de todas as nacionalidades. A estrutura curricular segue o programa oficial francês, com algumas adaptações para se enquadrar na legislação brasileira, e os alunos saem preparados para enfrentar o Baccalauréat, que é o exame que qualifica os estudantes franceses para o Ensino Superior. “Em nossa unidade mais antiga, na Rua Mairinque, a estrutura curricular é brasileira e, além das aulas de Francês, estão sendo implantadas uma série de atividades bilíngues em que os alunos têm acesso a diferentes aspectos da cultura da França e de outros países francófonos”, explica o vice-diretor.

Ele conta ainda que uma das manifestações mais claras da influência do Liceu Pasteur na Vila Mariana é o fato de essa região ter se tornado, nas últimas décadas, o maior polo de estabelecimento de famílias francesas que chegam à cidade, para que os filhos possam estudar ali.

O Liceu Pasteur fica na Rua Mairinque, 256 – Vila Mariana. Informações: 2344-9000. Site: www.liceupasteur.com.br

 

Prédio histórico que abriga o Liceu Pasteur foi construído na década de 1920. Hoje, instituição se atualiza com aulas dinâmicas e uso da tecnologia, mas mantendo valores que inspiraram sua fundação há 90 anos. Eventos marcarão a data ao longo de 2013

 

 

 

 

1 comentário

  • Fui Professor desta Escola. Tenho boas recordações dos meus alunos . A maioria já está formada , casados e tem bom conhecimento e cultura que foram aprendidos e desenvolvidos no Liceu.

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!