Jornal São Paulo Zona Sul

Jabaquara tem mutirão de conciliação na manhã de sábado

Sabe aqueles conflitos de vizinhos? Quem é  o responsável pela manutenção e pintura do muro? E quando o barulho do andar de cima incomoda? Há também conflitos de família, discussões financeiras  entre parentes, reclamações de prestadores de serviços… Muita coisa que, em vez de parar na Justiça e se estender por um longo processo, pode ser resolvido em uma Mediação de Conflitos, com resultados que resultam em acordos oficiais.

Neste sábado, em parceria com o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) que atende o Jabaquara, a Prefeitura Regional vai promover um encontro para mediação de conflitos locais.

O foco dessa vez serão as questões familiares:  divórcio, conversão de separação em divórcio, reconhecimento espontâneo de paternidade, definição de pensão alimentícia, definição de guardas e visitas, questões envolvendo estatuto do idoso.

Para outros casos que podem ser mediados pelo Cejusc, haverá gendamento. Vale destacar que o trabalho do Centro de Solução de Conflitos não faz intermediação de casos criminais ou trabalhista.

A equipe do Cejusc vai atender e orientar a população logo pela manhã: das 8h às 13h na sede da regional localizada na Avenida Engenheiro de Armando Arruda Pereira, 2314.

A iniciativa garante a pessoas físicas a chance de regularizar situações de forma rápida e sem desgaste judicial.

O conciliador atua analisando a controvérsia em conjunto com as partes, refletindo sobre soluções, incentivando o acordo, intervindo nos conflitos. Há um objetivo claro e pré-estabelecido: chegar a um acordo, por meio de concessões.  As conciliações têm caráter judicial e serão homologadas pelo juiz.

“Queremos que todos possam ter seus conflitos solucionados com agilidade e presteza, e para que isso seja possível, pontuamos a importância de buscar uma solução amigável por meio da Conciliação”, ressalta a Prefeita Regional Fátima Marques.

Para receber o atendimento a pessoa precisa estar com os seguintes documentos: documento de identificação com foto, certidão de casamento, certidão de nascimento ou  RG de menores de idade, averbação da separação (nos casos de conversão da separação em divórcio).

As senhas serão distribuídas a partir das 7h30, devendo comparecer todas as partes envolvidas. exceto se desejar convidar a outra parte para a tentativa de acordo em outra data, no Cejusc do Jabaquara.

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!