Nesta quinta-feira (28), a EMTU/SP, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e o Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod), promove uma campanha antitabagismo no Terminal Metropolitano Jabaquara para conscientizar os usuários sobre os malefícios do hábito de fumar.

A ação inclui a aplicação pelos agentes de saúde do teste Fagerström, que consiste em seis perguntas específicas para classificar a dependência da nicotina em cinco níveis, de muito baixa a muito elevada.

Por meio do aparelho monoxímetro, conhecido como o bafômetro do cigarro, será possível identificar os níveis de monóxido de carbono no pulmão do fumante que podem ser classificados como normal, leve, moderado e forte.

A pessoa que apresentar nível acima do recomendado é orientada pelos agentes a procurar a unidade de saúde pública indicada para tratamento adequado.

O público contará ainda com a distribuição de material informativo sobre os danos que o tabagismo podem causar à saúde e dicas de como largar o cigarro.

Tabagismo e mortes

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o tabagismo a principal causa de morte evitável no mundo.

São mais de cinco milhões de pessoas morrendo todos os anos por causa do cigarro, que está relacionado ao câncer de boca, câncer de pulmão, bronquite, enfisema, derrame cerebral e doenças do coração. Ainda assim, cerca de um terço da população mundial adulta é fumante, o que corresponde a aproximadamente dois bilhões de pessoas.

Pesquisas do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que fumantes passivos têm um risco 30% maior de contrair câncer de pulmão e 24% maior de infarto do que os não fumantes.

Essa campanha faz parte da política de responsabilidade social da EMTU que promove eventos culturais, de inclusão social, além de campanhas ligadas à saúde da população.

serviço

Evento – Campanha Antitabagismo
Dia 28/06
Das 9h às 14h
Local: Terminal Metropolitano Jabaquara
Endereço: Rua Nelson Fernandes, s/n° – Jabaquara – São Paulo/SP

Compartilhe:

Comente essa matéria: