Jornal São Paulo Zona Sul

Hospital São Paulo receberá 9 milhões do Ministério da Saúde

A reitora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Soraya Smaili, anunciou, na manhã do último dia 6 de novembro, durante a Congregação da Escola Paulista de Medicina (EPM), que o Hospital São Paulo, hospital universitário da instituição (HSP/HU/Unifesp), receberá R$ 9 milhões anuais do Ministério da Saúde. O valor será pago como compensação pelo corte dos repasses do Programa de Restruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), ocorrido em 2017.

O termo de conciliação que envolveu a universidade, os ministérios da Saúde, da Educação (MEC) e a Advocacia Geral da União (AGU) determina que o HSP/HU/Unifesp receba o valor anualmente, além do previsto pelo contrato do Sistema Único de Saúde (SUS).

No ano de 2017, o Ministério da Saúde suspendeu a verba do REHUF ao qual a instituição tinha direito, com a alegação de que o HSP/HU/Unifesp não atendia aos critérios estabelecidos pelo programa. Desde então, a Reitoria da Unifesp, o Conselho Gestor e a Direção do hospital iniciaram uma série de ações em diversas esferas, buscando o restabelecimento dos pagamentos. A Reitoria obteve por parte do MEC dois repasses de R$ 10,8 milhões, um em 2017 e o outro em 2018, com perspectivas de continuidade desses repasses nos próximos anos, em reconhecimento ao Hospital São Paulo como hospital universitário da Unifesp.

Durante sua participação na congregação da EPM, a reitora celebrou a conclusão da etapa do processo. “É uma vitória de nossa comunidade e o indicativo de que os ministérios da Saúde e da Educação reconhecem a importância da nossa instituição e do nosso hospital universitário”.

Por José Luiz Guerra/Unifesp

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!