Jornal São Paulo Zona Sul

Feriado terá mutirão de vacinação contra febre amarela

Da Secom/Prefeitura

A campanha de vacinação contra a febre amarela no município de São Paulo prossegue nesta sexta-feira (30) e sábado (31), feriado de prolongado de Páscoa, quando parte das unidades de saúde está aberta para atender aqueles que ainda não se imunizaram na capital.

Mais de 60 unidades estarão aplicando a dose contra a febre amarela na sexta, além de 70 postos que atenderão a demanda no sábado. Confira a lista com os locais e horários de funcionamento.

Para receber a vacina, o usuário deve comparecer à unidade com documento de identificação e, se possível, o cartão SUS e de vacinas. O atendimento será realizado levando-se em conta a capacidade operacional de cada unidade.

Desde o dia 19 de março, a campanha foi ampliada para todas as regiões da capital paulista e se estenderá até 30 de maio. O usuário pode procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência mais próxima de seu endereço para tomar a vacina durante a semana. Para consultar o local, basta acessar o Busca Saúde

Imunização na capital
A campanha de vacinação contra a doença começou no município em setembro do ano passado no distrito Anhanguera, na região Norte, e foi expandida para outros distritos da região após a confirmação da morte de um macaco por febre amarela no Horto Florestal.

Até terça-feira (28), foram vacinadas 6.138.123 pessoas em toda a capital, o que corresponde a 52,5% da população. A meta é imunizar 95% dos moradores de São Paulo ainda neste primeiro semestre.

A região central segue sendo a de menor percentual, com 14,3%, já que a área foi a última a receber a campanha no município. Em seguida vem a região Leste, com 34,3%; seguida da Sudeste, com 34,8%; Oeste, com 51,3% e Sul, que atingiu 66,1%. As duas últimas regiões iniciaram a vacinação em dezembro do ano passado.

Já a região Norte, onde a campanha começou em setembro de 2017, segue com a maior cobertura: já imunizou 84,9% do público-alvo.

Comentar

Teste

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!