A greve dos caminhoneiros terminou, mas há ainda piquetes pelas estradas e não se há certeza de quando o abastecimento será normalizado na capital – nem de combustível, nem de outros produtos. A Prefeitura anunciou mais algumas medidas para conter problemas na cidade pelos próximos dias.  Uma das mudanças de planos está na questão das feiras livres: como muitos feirantes estavam sem produtos, a Prefeitura havia anunciado, ontem, que até sexta as barracas seriam montadas apenas em alguns poucos endereços pela cidade. Mas, a pedido dos feirantes, já a partir dessa quarta as feiras voltam aos endereços tradicionais. Outra mudança importante: os ecopontos devem reabrir a partir de amanhã.

Outra medida definida nesta terça-feira (29) pelo Comitê de Gerenciamento de Crise é a ampliação do número de equipes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) para escoltas de caminhões que abastecem postos de combustível na capital. O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro) disponibilizou 16 postos de combustíveis exclusivamente para atender a administração municipal. Assim, estão normalizadas as operações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Serviço Funerário Municipal, da Defesa Civil, da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), da Assistência Social e da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Será ainda publicada uma portaria que definirá horário e áreas de permissão de circulação de veículos que transportam combustível, com o objetivo de melhorar o abastecimento na cidade de São Paulo. E, como medida de prevenção a uma possível greve dos petroleiros, a Prefeitura irá ingressar com uma ação na Justiça para que o sindicato responsável seja obrigado a manter o fornecimento de combustível para os serviços essenciais no município, sob pena de multa.

Veja outras informações, por setor, para os próximos dias

TRANSPORTES

A Prefeitura já garantiu o combustível para o abastecimento dos ônibus até esta quarta-feira.
RODÍZIO DE VEÍCULOS

A Companhia de Engenharia de Tráfego irá manter o rodízio municipal suspenso para veículos e caminhões durante toda a semana. A CET reforça que os agentes de trânsito foram orientados a não aplicar multas aos motoristas que tiverem pane seca, fazendo apenas a remoção do veículo para um local seguro, onde não prejudique o trânsito. A Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) foi liberada durante toda a semana para garantir o abastecimento de serviços essenciais.

SAÚDE

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo informa que as cirurgias eletivas acontecem em 12 dos 16 hospitais municipais. A medida foi possível após a aquisição de novos insumos. Hospitais que não estão realizando as cirurgias eletivas: Carmino Caricchio (Zona Leste), Tide Setúbal (Zona Leste), Hospital M’Boi Mirim-Dr. Moysés Deutsch (Zona Sul) e José Soares Hungria (Zona Norte).

EDUCAÇÃO

As escolas municipais abriram e a oferta de merenda está garantida, com cardápio adaptado de acordo com o estoque de cada unidade.

COLETA DE LIXO E VARRIÇÃO

A coleta de lixo domiciliar opera normalmente. A coleta seletiva segue suspensa, mas a coleta hospitalar, a limpeza pós-feiras livres e o recolhimento de animais mortos estão mantidos.

Os Ecopontos devem ser reabertos a partir desta quarta. Os serviços de varrição de vias e logradouros acontecem normalmente. A Prefeitura pede à população que mantenha em suas residências, na medida do possível, os resíduos recicláveis até a normalização do serviço.

SERVIÇO FUNERÁRIO

O serviço conta com o estoque de urnas funerárias que garantem o atendimento por 15 dias.

ASSISTÊNCIA SOCIAL

As cerca de 350 mil refeições que são distribuídas diariamente nos equipamentos sociais da cidade para famílias em situação de vulnerabilidade social estão garantidas por mais uma semana.

REDE DE ABASTECIMENTO

Feiras livres e sacolões estão sendo monitorados pela Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo (SMTE). A partir desta quarta-feira, as feiras voltam aos locais descentralizados por uma opção dos feirantes.

 

Compartilhe:

Comente essa matéria:

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!