Jornal São Paulo Zona Sul

Feira orgânica noturna deve ser retomada em março

---

A obra no terreno existente na esquina da Avenida José Maria Whitaker e Alameda dos Guatás, onde são promovidas feiras livres, deve começar ainda esse ano. Está prevista a revitalização do espaço, mas a Prefeitura garante que todas as feiras livres voltarão assim que os trabalhos forem concluídos.

Além das feiras tradicionais – que acontecem ali às terças, às quartas e aos sábados – a área vinha abrigando uma Feira Orgânica Noturna, todas as quartas-feiras, das 17h às 21h. Mas, a venda dos produtos sem agrotóxico por produtores vinha ocorrendo no formato “evento”, com previsão de encerramento do período de experiência em novembro.

A Feira foi considerada um sucesso pelos organizadores e deve ser estabelecida em caráter definitivo no local, mas como a obra está prestes a começar, os feirantes resolveram deixar para retomar o evento em março.

A informação é de Sergio Shigeeda, que é integrante do Cades (Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável), da Agenda 2030 da Subprefeitura Vila Mariana e idealizador da Horta Comunitária da Saúde.

Ele celebra, entretanto, a boa aceitação da comunidade. “A feira funcionou muito bem nesses 2 meses experimentais, em modo evento. Agora vamos dar uma parada técnica enquanto a prefeitura regional revitaliza o local e a Prefeitura Municipal, via COSAN continua com os processos necessários para tornar oficial essa feira que já deu mais que certo e deixa saudades”, comenta.

Nos meses de outubro e novembro, além da venda de produtos orgânicos, a feira ainda foi ponto de encontro de pessoas em busca de alimentação mais saudável.

Houve muita troca de informação, inclusive com promoção de palestras sobre PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais), indicação de livros e muito mais.

Há apenas sete feiras orgânicas em funcionamento em toda a capital. Uma delas no Modelódromo do Ibirapuera aos sábados, outra ao lado do terminal Jabaquara, às quartas durante a manhã.

A Feira da Vila Mariana é a primeira em horário noturno, o que pode facilitar o acesso da população da capital aos produtos, já que pode ser visitada após o horário de trabalho.

---

Comentar

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!