A Unifesp tem história. E essa história está extremamente ligada à saúde na cidade de São Paulo, mas mais especificamente à Vila Clementino e região vizinha. Uma das primeiras faculdades de medicina do país, a Universidade Federal de São Paulo, na verdade foi criada como Escola  Paulista de Medicina, em 1933. Para celebrar esses 85 anos, uma grande festa aconteceu 10 de junho, no bairro que sedia a universidade e seu hospital escola – o Hospital São Paulo.

Chamado de “Somos Todos Paulista”, o evento aconteceu dentro e fora da EPM. Na Rua Botucatu, entre as ruas Borges Lagoa e Pedro de Toledo, o trânsito foi interditado para que a festa acontecesse ao ar livre. Várias atrações marcaram a data: shows, atividades culturais, apresentação da Bateria 51 e homenagens aos(as) ex-alunos(as), que receberam uma camiseta comemorativa.

O evento foi gratuito e aberto ao público em geral. Toda a comunidade pode participar. Houve também homenagens aos que fizeram a história da instituição. O objetivo foi reunir diversas gerações que participaram da história da instituição, nesses 85 anos..

Sobre a EPM/Unifesp

A Escola Paulista de Medicina (EPM) foi fundada em 1933 por um grupo de jovens profissionais paulistas. Na época, a Escola Paulista de Medicina ainda funcionava em uma casa situada na Rua Coronel Oscar Porto, região do Paraíso.

Dois anos depois, os fundadores adquiriram uma chácara na Rua Botucatu para a construção da sede da Escola e do primeiro hospital-escola do país para as aulas práticas dos alunos. A casa, que lá existia, foi reformada e adaptada, dando origem, em 1937, ao que seria a sede provisória do atual Hospital São Paulo: o Pavilhão Maria Tereza, com dois andares e 100 leitos.

O Hospital São Paulo, com todas suas carências e dificuldades financeiras, é ainda hoje um dos principais pontos de atendimento universal de saúde do país.

Reconhecida oficialmente em 1938, a EPM foi federalizada em 1956. No ano seguinte inovou mais uma vez, e se tornou uma das pioneiras na implantação de programas de residência médica no Brasil.

Em 1994, a EPM deu origem à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), da qual é hoje uma das principais unidades. Além do curso de Medicina, a EPM oferece os cursos de Biomedicina, Fonoaudiologia, Tecnologia Oftálmica, Tecnologia em Informática em Saúde e Tecnologia em Radiologia. Sua sede está localizada na Rua Botucatu 740.

A partir de 2005, com o apoio das prefeituras locais e os recursos provenientes do programa de expansão do governo federal, a Unifesp implantou novas unidades em municípios próximos a São Paulo. Os novos campi – denominados Baixada Santista, Diadema, Guarulhos, São José dos Campos e Osasco – assumiram a responsabilidade pela organização de áreas do conhecimento que incluem, entre outras, as ciências exatas, humanas, ambientais e sociais aplicadas. No Campus São Paulo estão localizadas a Escola Paulista de Medicina e a Escola Paulista de Enfermagem, que representam o núcleo histórico da instituição.

A EPM é uma instituição de excelência no ensino e pesquisa médica, reconhecida por rankings nacionais e internacionais.

A Universidade tem forte presença também na comunidade ao redor, com grupos de apoio, museus, teatro, coral próprio e vários outros projetos que impactam diretamente na vizinhança.

Compartilhe:

Comente essa matéria: