Novo laboratório de ciências, câmeras mostrando ambientes ao vivo, sistema wireless em toda escola, novos equipamentos nos pátios, salas de aula renovadas, área de recreação ampliada, laboratório de informática atualizado, salas de berçário implantadas e até espaço para vivência com animais. E estas são só algumas das mudanças implantadas por uma escola que, por outro lado, tem vasta experiência em educação, angariada em décadas de história. A Escola Vila Monteiro Lobato acaba de completar 30 anos e mostra que investiu em inovação aliada à tradição de ensino. E mais: consolidou o Sistema de Ensino Etapa, reconhecido pelos educadores como o mais forte do Brasil. Como reconhecimento, o número de alunos já cresceu mais de 35%, o que mostra a confiança que os pais e a comunidade têm na escola.
Os alunos participaram de Olimpíadas de Astronomia e Esportivas, torneio de xadrez, festival de judô e festas tradicionais como a Festa Junina. A escola ainda faz questão de integrar os “Programas de Excelência e de Qualidade Total” conduzido pelo grupo Etapa. Oferece um amplo rol de atividades extracurriculares; teatro, coral, música, capoeira, espanhol, xadrez, balé, judô, natação, culinária, informática e futsal.
Na Escola Monteiro, existe a preocupação com a formação geral e intelectual, oferecendo conteúdo desafiador, projetos culturais, oficina de instrumentos reciclados, feiras e eventos.
Este ano, os alunos tiveram Projeto de Leitura, Projeto MPB com Vinícius de Moraes, estudo dos artistas Tarsila do Amaral, Van Gogh, Claude Monet, Leonardo da Vinci, Giuseppe Arcimboldo e do pintor Joan Miró, conhecendo um pouco do surrealismo, através da observação das cores, formas e linhas.
A Escola Monteiro possui programa de adaptação aos novos alunos, monitorando o comportamento da turma. “Antes de definir a escola dos filhos, os pais devem visitar as instalações, falar com a coordenação, professoras e até a direção, conhecendo a Missão e Valores”, diz Renato Carramenha, diretor da Escola Monteiro.
“Também é importante ver a estrutura física, se o prédio e sua circulação são seguros, se os playgrounds são divididos por faixa etária, a área de parques, atividades físicas e locais para tomar sol”, completa.
Para ele, os pais precisam ter cuidado com escolas onde os espaços parecem amplos porém ficam sobrecarregados pelo elevado número de alunos. “Para os alunos até 11 anos os pais devem priorizar escolas menores onde o atendimento é personalizado”, opina Carramenha. Ele ainda avalia que é importante checar se os brinquedos pedagógicos são seguros, se os livros ficam dentro da sala para contato direto dos alunos ou nas prateleiras da biblioteca. Da mesma forma, sugere visitas à cozinha, para checar se os alimentos são sempre frescos, naturais e não industrializados.
“A qualidade do material didático, aliada a classes equilibradas, sem número exagerado de alunos e com bons professores garantem que não haverá falhas no aprendizado durante o Ensino Fundamental, que poderiam prejudicar toda vida escolar do aluno”, diz.
A Escola Monteiro Lobato fica na Rua Décio, 55 – perto da estação Saúde do Metrô. Telefone: 2578-8972. Veja mais em www.escolavmonteirolobato.com.br.

Compartilhe:

Comente essa matéria: