“Os ônibus estão circulando, a merenda está chegando às escolas”, exemplificou o prefeito Bruno Covas ao confirmar que a cidade enfrenta dificuldades, mas está oferecendo serviços à população. A coleta de lixo também está garantida. A expectativa é que o abastecimento dos postos de combustível se normalize e todos os serviços igualmente retomem o ritmo cotidiano.
Mas, ainda não é possível garantir a retomada, já que há focos isolados de piquetes e manifestações em estradas, o que torna a retomada uma incógnita.A Prefeitura informou que está trabalhando para recompor estoques de combustível e a manutenção dos serviços essenciais ofertados à população da capital. O Comitê de Gerenciamento de Crise obteve cerca de 1,5 milhão de litros de combustível, o que garante as principais operações municipais ao longo desta terça (29).

Veja informações atualizadas para esta quarta, 30, aqui

Estão normalizadas, ao menos por enquanto, as operações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), do Serviço Funerário Municipal, da Defesa Civil, da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), da Assistência Social e da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

TRANSPORTES

A São Paulo Transporte (SPTrans) informa que deve operar nesta terça-feira (29) com 60% a 70% da frota.

Durante o início da manhã desta segunda-feira, as empresas conseguiram circular com 67% da frota programada. As linhas de trólebus operaram com a frota máxima, assim como o serviço ATENDE. No entrepico, a SPtrans autorizou as empresas de ônibus a rodar com 60% dos veículos para garantir o atendimento no fim da tarde e noite. No período de pico da tarde, a partir das 16h30, as empresas conseguiram manter 63% da frota prevista circulando.

Devido às manifestações dos caminhoneiros e diante do estado de emergência decretado na Cidade de São Paulo, as empresas operadoras ficam autorizadas a operarem as Linhas Noturnas sob sua responsabilidade, a partir das 00h00 com 50% da frota, equivalendo a intervalos dobrados.

RODÍZIO DE VEÍCULOS

O rodízio de veículos continua suspenso para veículos e caminhões durante toda a semana. A CET reforça que os agentes de trânsito foram orientados a não aplicar multas aos motoristas que tiverem pane seca, fazendo apenas a remoção do veículo para um local seguro, onde não prejudique o trânsito. A Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) foi liberada durante toda a semana para garantir o abastecimento de serviços essenciais da cidade.

METRÔ E TRENS

Na terça e quarta (dias 29 e 30/05), as linhas da CPTM, do Metrô e da ViaQuatro, concessionária da linha 4-Amarela, funcionarão das 4h à 1h para facilitar o deslocamento da população durante a greve dos caminhoneiros. Na madrugada desta segunda para terça-feira, as estações já permanecerão abertas até a 1h. A exceção é a linha 13-Jade da CPTM, que por enquanto funciona em operação assistida das 10h às 15h. Desde a última quinta-feira (24), a CPTM e o Metrô já vêm operando com 100% da frota de trens inclusive nos horários de menor fluxo, o entre picos, para reforço no transporte público na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) em função da redução dos ônibus em circulação por falta de combustível. Para a ampliação do horário de atendimento e reforço na frota, as companhias postergaram algumas ações de manutenção preventiva das vias e dos trens, sem prejuízo à segurança dos usuários.

COLETA DE LIXO E VARRIÇÃO

A coleta de lixo domiciliar opera normalmente até terça-feira à noite. A coleta seletiva segue suspensa, mas a coleta hospitalar, a limpeza pós-feiras livres e o recolhimento de animais mortos estão mantidos. Os Ecopontos permanecem fechados, já que os resíduos coletados nesses locais são encaminhados a aterros localizados em rodovias federais e estaduais, muitas delas bloqueadas pelos caminhoneiros. Os serviços de varrição de vias e logradouros foram incrementados e estão garantidos até terça-feira à noite. A Prefeitura pede a população que mantenha em suas residências, na medida do possível, os resíduos recicláveis até a normalização do serviço.

SAÚDE

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo informa que, diante da necessidade de reservas de insumos para os atendimentos de urgência e emergência, as cirurgias eletivas agendadas para segunda (28) e terça-feira (29) estão sendo remarcadas em cinco hospitais municipais: Carmino Caricchio (Tatuapé), Fernando Mauro Pires da Rocha (Campo Limpo), Ignácio Proença de Gouveia, José Soares Hungria e Mario Degni.

As cirurgias eletivas estão mantidas nos hospitais municipais Alexandre Zaio, Alípio Correa Netto, Arthur Ribeiro Saboya, Benedicto Montenegro, Waldomiro de Paula, Tide Setubal, Menino Jesus, Vereador Storopolli e Cidade Tiradentes, assim como na Maternidade Cachoeirinha. No M’ Boi Mirim, estão sendo reagendas apenas as cirurgias de hérnia e urologia.

Nesta terça-ferça (29), também não serão realizados exames de rotina nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Com relação às ambulâncias, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-SP) continua realizando abastecimento dos veículos em postos de combustível descentralizados, o que tem garantido o atendimento regular da demanda. Já a frota de veículos utilizadas pelos agentes de saúde de Covisa foi abastecida, o que garante uma autonomia média para uma semana de atividades ao menos. Assim, não houve até o momento prejuízo aos serviços prestados.

SERVIÇO FUNERÁRIO

O serviço segue funcionando normalmente até a noite desta terça-feira (29).

EDUCAÇÃO

As escolas da rede municipal vão abrir as portas para receber os alunos. A oferta de merenda está garantida, com cardápio adaptado de acordo com o estoque de cada unidade. Já foi possível realizar a entrega do gás onde havia necessidade nesta segunda-feira.

Compartilhe:

Comente essa matéria: