O termo ainda é pouco conhecido, mas para quem enfrenta o problema o impacto é grande. A Alopécia é a redução parcial ou total dos cabelos ou dos pelos em determinada região da pele. Atinge inclusive mulheres que podem ter sua auto-estima totalmente comprometida.

No bairro de Mirandópolis, uma clínica tem se especilizado em tratamento inovador para o problema. As fisioterapeutas Elisabete Chagas e Luciana do Carmo Nunes (CREFITO 122445-F), com experiência de mais de 10 anos e especialização em dermato funcional e acupuntura,  explicam que a doença é caracterizada pela queda repentina dos pelos , normalmente sem apresentar modificação da estrutura da pele ou manifestações inflamatórias. “Pode atingir não só o couro cabeludo como outras áreas como a barba, supercílios, cílios e áreas pilosas”, diz Elisabeth.

“O tratamento com acupuntura estimula a circulação sanguínea, aumentando om aporte de nutrientes no couro cabeludo e nutrição bulbo capilar, decorrente da oxigenação celular”, explica Luciana.

A clínica traz também a cromoterapia, com pontos de comando, que potencializa em dez mil vezes a introdução da medicação externa, trazendo resultados visíveis já nas primeiras sessões. “A cromoterapia é um tratamento feito através das cores e pode ser definida como o tratamento que, por intermédio das cores, estabelece o equilíbrio e a harmonia entre corpo, mente e emoções”, contam.

E não é só no tratamento da alopécia que a acupuntura mostra bons resultados. Elas trabalham com rejuvenescimento facial, limpeza de pele, drenagem linfática facial e corporal pré e pós-operatórios de cirurgias plásticas.

Acupuntura sistêmica, auricular, com moxabustão e ventosa também são técnicas utilizadas pelas fisioterapeutas.  A clínica atende às segundas-feiras, com hora marcada e atendimento totalmente individualizado com preços bem acessíves, a partir de R$ 75,00 por sessão.

Fica na Avenida Casemiro da Rocha 979 – Mirandópolis. Telefones:  97681-6480;  994961681

alopantes acupuntura alopécia

Compartilhe:

Comente essa matéria: