A Rússia é palco da Copa do Mundo de Futebol e, além de ser sede do evento, o país contribuiu também à ciência, especialmente para a conquista e exploração do espaço. Por isso, a equipe do Planetário Professor Aristóteles Orsini, localizado no Parque Ibirapuera, começa hoje, sexta, dia 15, a partir das 19h30, homenagear os céus da Rússia. Haverá ainda outras duas sessões no planetário, que integra a Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ), sob administração da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA),

A União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URRS), da qual a Rússia fazia parte, pôs o primeiro satélite artificial da Terra em órbita e levou o primeiro homem – e a primeira mulher – ao espaço, no século passado. Quase cem anos antes dessas viagens históricas, o cientista russo Konstantin Tsiolkovsky (1937-1935) foi o primeiro a analisar a fundo a teoria sobre o uso de foguetes no espaço. Antes dele, no século 18, o astrônomo russo Mikhail Lomonosov (1711-1755) descobriu que o planeta Vênus, assim como a Terra, tem uma atmosfera.

A sessão de planetário “O Céu da Rússia” celebra a ligação estreita entre a Rússia e o espaço e aproveita o clima de Copa. A apresentação leva o espectador a uma viagem àquele país e ao seu céu noturno tal como é visto por seu povo. A atividade é enriquecida com os mitos e narrativas das estrelas vistas no norte do planeta e aborda o desenvolvimento da astronáutica, impulsionado pelos russos. A sessão é gratuita e acontece no Planetário do Ibirapuera, nos dias 15, 22 e 29 de junho, às sextas-feiras, com o palestrante Raphael Malagoli Thereza. Os ingressos podem ser obtidos antecipadamente no site: http://www.ticketfacil.com.br/eventos/ppi-sessao-cidada-o-ceu-da-russia.aspx ou na bilheteria do Planetário, com uma hora de antecedência.

SERVIÇO

O Céu da Rússia – Planetário do Ibirapuera Palestrante: Raphael Malagoli Thereza Dias: 15, 22 e 29/06/2018, sextas-feiras Horário: 19h30 Ingressos: gratuitos, nesse link, ou uma hora antes, na bilheteria.

Local: Planetário do Ibirapuera – av. Pedro Álvares Cabral, s/n – portão 10 – Parque Ibirapuera

Compartilhe:

Comente essa matéria: