A Avenida 23 de Maio já foi interditada para eventos esportivos diversos. Mas, neste Carnaval de 2018, os carros deixarão de fluir pela via para que a folia possa passar.

Neste fim de semana “principal” do Carnaval – já que os blocos estão espalhando a festa pelo mês quase todo – o corredor norte sul será interditado ao trânsito para que blocos possam desfilar.

No primeiro fim de semana de fevereiro, a tendência que vinha se firmando em anos anteriores se confirmou: o Carnaval de rua paulistano está se transformando em um dos maiores do país e não só está fazendo com que a população local deixe de viajar em busca da festa como também está atraindo turistas, esepcialmetne do interior do estado. A estimativa da Prefeitura é que quase 4 milhões de pessoas caíram na folia de rua no fim de semana passado.

Agora, além dos desfiles de escolas de samba no Anhembi, o paulistano que curte Carnaval poderá sambar em plena 23 de Maio.

No domingo, dia 11, desfilam os blocos CHÁ ROUGE, Vou De Taxi (SUNDAY JR), Domingo Ela Não Vai e Bloco do Desmanche. No dia 12, o Pinga Ni Mim sairá às ruas. O Bloco dos Invertidos se apresentará no feriado de carnaval, 13. Por fim, o Bloco do Baiana System e Bloco do Largadinho encerrarão as atividades no dia 17.

Blocos

O Chá Rouge, com a Banda Rouge, desfila neste sábado, 11, às 11h, com foco no público LGBT. A dispersão está prevista só às 21h, com público estimado entre 15 mil e 20 mil pessoas.

O Bloco Sunday Jr. vem com a Banda Vou de Taxi tocando no Domingo de Carnaval, fazendo releituras de musicas que que marcaram época sua infância, além de sucessos da atualidade. Também é uma homenagem a dupla que também fez sucesso nos anos 90/2000. Das 14h às 19h, com concentração proxima ao viaduo tutoia, 01. Estimativa entre 5 mil e 10 mil pessoas.

Também no dia 11, o Bloco de Carnaval paulistano “Domingo ela não vai”, entra na avenida às 11h, concentrado no viaduto Santa Generosa, e mostra seu dedicado à promoção da música brasileira, principalmente o axé music até 16h. Está prevista participação da bateria da escola de Samba Vai Vai. Publico estimado: entre 50 mil e 100 mil pessoas.

O Bloco dos invertidos desfila dia 13, terça, a partir das 14h, con encerramento previsto para 19h. A concentração é na 23 de Maio junto ao Viaduto Santa Generosa. São esperadas entre 2 mil e 5 mil pessoas.

Já o Bloco Sebah Vieira define seu perfil como familiar e estreou no carnaval paulistano de rua no ano passado. Vai desfilar dia 17, das 16h às 21h, entre os Viadutos Santa Generosa e Pedroso, Público estimado entre 20mil e 50 mil pessoas.

Já o  Navio Pirata é o “mini trio elétrico” que, pela primeira vez,  sai de Salvador. Haverá participações de BNegão, Flora Matos e Rico Dalasam. O Baiana System se formou em 2009 com o objetivo de encontrar novas possibilidades sonoras para a guitarra baiana, a banda em seu repertório também mistura ritmos afro-latinos como: frevo, samba-reggae, pagode, groove arrastado, ijexá, kuduro, bass music, cumbia, entre outros.

A concentração é na região do viaduto Santa Generosa e desfila em direção ao centro, das 13h às 18h do dia 17 de fevereiro. São esperadas entre 20 mil e 50 mil pessoas.

Claudia Leitte

No dia 17, a Vila Mariana ainda receberá a cantora Claudia Leitte com o Bloco do Largadinho. O desfile terá início às 12h na Av. 23 de Maio, no Viaduto Santa Generosa e terminará às 17h no Viaduto Pedroso. Espera-se a participação de mais de 100 mil foliões.

A cidade mais baiana do Brasil recebe pela 1a vez no carnaval uma das maiores estrelas do ritmo no Brasil.

Para conferir detalhes e toda a programação na cidade, acesse: carnaval.prefeitura.sp.gov.br.

Compartilhe:

Comente essa matéria:

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!