Quem nunca parou diante de uma tenda circense e pensou, impactado com o colorido da lona: quantos números fascinantes podem estar por trás dela? O circo é o lugar onde os sonhos viram realidade. Apoiados em equipamentos específicos, como o tecido e o trapézio, artistas desafiam os limites do corpo e da imaginação por meio dos mais incríveis malabarismos e contorcionismos. Nesse ambiente, entretanto, há uma figura atrapalhada e, por isso, muito especial: o palhaço.

Não é à toa, portanto, que o dia 27 de março foi escolhido para celebrar o Dia do Circo. Nele, em 1897, nascia um palhaço que fez história: Piolin. E, para comemorar a data, o programa Biblioteca Viva recebe neste mês apresentações de diversas companhias. Rachel Monteiro, da Trupe Baião de 2, completa dizendo que Piolin fazia piadas, retratando o cotidiano do brasileiro comum. “Sua brasilidade e espontaneidade o levou a se tornar um símbolo do circo para os modernistas”, conta a atriz do espetáculo Retirantes: Malas, Sonhos e Mancebos.

Jabaquara

A Biblioteca Paulo Duarte, no Jabaquara, recebe o espetáculo “A LONA Caiu!”. Nele, vemos um trio cômico, o palhaço Tuingo (Nico Serrano), o músico Tião (William Filho) e o dono de circo, falido, Afrânio (Deni MontSerrat). Como, literalmente, a casa caiu e não sobrou mais nada, a não ser seus pertences pessoais, os três chegam caminhando e descobrem uma lona e uma cadeira, que logo são “apossados” por Afrânio. Ele então resolve tentar algo inusitado: realizar números de palhaço para tentar resgatar algum “troco”. Diante disso, Tuingo questiona a atitude, mas resolve ajudá-lo, ou atrapalhá-lo. É ver para crer!

A Biblioteca Paulo Duarte fica na R. Arsênio Tavollieri, 45, Jabaquara – fone: 5011-7445. Dia 11, 11h

Vila Mariana

A Biblioteca Viriato Correa, na Vila Mariana, recebe o espetáculo “Retirantes, Malas, Sonhos e Mancebos”, que conta a história da chegada de um casal de retirantes nordestinos a uma nova terra, que agora será chamada de lar. Da arrumação do solo para firmar a casa, até a organização dos objetos que são cheios de histórias, o espetáculo se presta a mostrar a felicidade e a esperança dos retirantes com a nova terra. Retirantes é um espetáculo de circo que traz à cena elementos de dança e de música, tendo o retirante como tema principal.

Fica na R. Sena Madureira, 298, Vila Mariana – fone: 5574-0389. Será dia 8, 15h

Cursino

Já a Biblioteca Amadeu Amaral recebe o espetáculo Bordando com Cora Coralina, que propõe aos participantes aprender a transformar trechos de obras da Cora Coralina em bordado ao lerem seus poemas, assim como familiarizar-se com a história de vida da escritora.

A atividade será mediada pela arte educadora Karina Adorno. Cada participante criará o seu próprio trabalho (desenho, escritos, etc) tendo como referência as leituras a serem realizadas. Na sequência haverá uma leitura dramática – consonante à prática da atividade. A atriz, Marô Zamaro tecerá conexões entre os participantes e o imaginário de Cora Coralina, traduzindo seus versos em palavra dita e cantada, Marô Zamaro pretende trazer o doce das palavras de Cora aos participantes, instaurando um tempo outro, o tempo do roçado, das tagarelices de comadre e das barrigas quentes de horas ao pé dos fogões de lenha. A intimidade da cozinha de Cora e a delicadeza da cozinheira e poeta serão as chaves para construir um ambiente que acolha e que deixe à vontade os participantes e suas criações.

Fica na R. José Clóvis Castro, s/nº, Jardim da Saúde – fone: 5061-3320.  Será dia 20, 10h.

Confira a programação completa do Festival do Circo, incluindo bibliotecas de outras regiões da cidade.

Compartilhe:

Comente essa matéria:

WhatsApp chat Receba as edições por WhatsApp!